Conforme escrevi no artigo da última quarta feira, ontem estive no evento teste da Arena Carioca 2, acompanhando a partida entre Flamengo e Bauru/Paschoaloto pelo NBB – Novo Basquete Brasil.

A oportunidade de se utilizar a arena surgiu a partir do momento em que o Flamengo chegou à final e não tinha um ginásio com a capacidade mínima requerida. Como a Arena Carioca 2 não havia ainda sido testada, surgiu a possibilidade de se utilizar as partidas da final como seu evento teste, ainda que não oficialmente.

A compra de ingressos foi feita pelo site que atende ao Flamengo no basquete. Um site bastante confuso, aliás, com pouca informação. Não havia cadeira inferior e na compra da superior o site não informa que menores de 12 anos tem gratuidade, ou seja: comprei meia entrada para minhas filhas à toa. No fim das contas somente a Ana Luisa, minha mais nova, me acompanhou.

20160526_163346A ida foi da mesma forma do que já relatado em outros eventos-teste: carro, Via Parque Shopping e BRT. Desta vez, um pouco diferente, pois a equipe de jornalistas do portal do Ministério do Esporte estava fazendo uma matéria comigo e, então, não precisei caminhar até a entrada do Parque Olímpico. Em breve estará no site.

Embora não fosse um evento organizado pelo Comitê da Rio 2016, o sistema de entrada no Parque Olímpico já emulou o que ocorrerá na entrada do Parque. A revista foi feita ali e já se passava na roleta para acesso. Mais uma vez, houve uma queda de energia e as roletas ficaram paradas por alguns instantes.

O acesso à Arena Carioca 2 foi tranquilo. Foram vendidos 8 mil ingressos para a capacidade estimada de 10 mil lugares, mas a verdade é que só não foram liberados dois pequenos setores do lado de onde ficarão as bancadas da imprensa durante as provas de judô e luta olímpica na Rio 2016. Ou seja, a capacidade total no final das contas deverá ser algo em torno de 9 mil lugares.

Algo importante é que se o leitor tiver eventos subsequentes entre as Arenas Cariocas 1, 2 ou 3 a transição é bem rápida. Em pouco mais de 10 minutos se consegue sair de uma e chegar à outra. Para as outras instalações do Parque Olímpico, a distância é maior – em especial para o Centro Aquático, que é mais afastado das demais instalações.

20160526_182935Ao acessar o setor, começam os problemas. O acesso à área das cadeiras (acima) é estreito e íngreme. Sem contar os degraus em metal claramente provisórios e que não dão muita sensação de firmeza. Também senti falta de sinalização de faixas refletivas de segurança na escada.

São muitos acessos, mas confesso que fiquei com dúvidas se não são estreitos demais caso haja necessidade de uma evacuação rápida em uma emergência. Os setores ainda não estão marcados, nem os números das cadeiras. Estas são em um plástico que me pareceu bastante frágil.

Aliás, as filas no setor superior, onde fiquei, vão até a letra M. A visão mesmo ali é boa da quadra, ainda mais se levando em conta que os tatames de lutas ocuparão um espaço maior que o utilizado pela quadra de basquete. Contudo, o espaço entre as filas é mínimo (abaixo), e fica claro que são cadeiras provisórias: a base utilizada é em um metal claramente aparafusado.

20160526_164723Os bares não estavam funcionando, mas à guisa dos eventos teste dos saltos ornamentais, do nado sincronizado e do atletismo, havia quiosques e vendedores ambulantes com cerveja, refrigerantes, água, cachorro quente, pipoca e snacks. A diferença é que vi pessoas com espetinhos de carne e frango, mas não vi onde estavam sendo vendidos.

Havia também no acesso food trucks, mas não parei para ver as opções. Minha avaliação é de que atendeu ao público de pouco menos de 8 mil presentes.

O aspecto geral da Arena Carioca 2, embora seja funcional, pareceu meio tosco, por assim dizer. Estruturas do ar condicionado – que funcionou a contento – aparentes, os próprios degraus em metal aparente e a iluminação estava quase o tempo todo com apenas 40% das luminárias acesas. Os banheiros são funcionais, mas achei pequenos para o público esperado.

20160526_172841Outro ponto a se chamar atenção é a localização dos setores. As cadeiras atrás da tabela no judô, que serão categoria A, me parecem ter uma visão pior que o setor superior no mesmo lugar, que é categoria C (acima). Da mesma forma as filas A e B tanto no setor inferior quanto o superior tem a visão encoberta por grades ou anteparos. Por outro lado, mesmo sem a marcação, não é difícil perceber a numeração sabendo-se os setores que serão categoria C.

Na Arena Carioca 2, os lugares para cadeirantes e demais portadores de necessidades especiais ficarão entre os pisos inferior e superior. As filas de cadeiras são bem inclinadas e, com o pouco espaço entre as cadeiras – mesmo para uma criança passar tínhamos de nos levantar – qualquer mínima confusão corre-se o risco de ter gente despencando fileiras abaixo.

Acredito que a configuração da Arena Carioca 1 seja semelhante – apenas maior – e esta característica torna ainda mais de alto risco uma partida como Brasil e Argentina no basquete, por exemplo. Outro ponto a se notar é que a acústica não é das melhores: o som reverbera muito.

20160526_180251A partida em si terminou com a vitória do Bauru por 85 a 80, forçando obrigatoriamente o quarto jogo. Ao contrário do que se esperava, a torcida aplaudiu o time ao final, reconhecendo o esforço em um dia no qual os jogadores não estavam inspirados.

Algo a que se deve prestar atenção é que o Comitê Rio 2016 está atribuindo 1h45 para as sessões do basquete masculino, mas a partida, com as regras FIBA, durou pouco mais de duas horas. Tenho sessões às 16 horas após jogos de basquete e fiquei na dúvida se haverá tempo de pegar desde o início.

Outro ponto a se observar é que o Centro Aquático Olímpico é mais distante das demais estruturas – o Maria Lenk também, mas do outro lado – e o tempo de deslocamento entre sessões de natação e outras no Parque Olímpico será maior.

20160526_193539Caminhando pela área do Parque Olímpico percebe-se o tamanho da área destinada aos eventos nesta sede. A quadra central do tênis destaca-se na paisagem, bastante imponente – mesmo apagada durante a noite. As três Arenas Cariocas, integradas, também são impactantes – e de certa forma acaba sendo meio decepcionante ao vê-la por dentro.

Preocupante é a situação do Velódromo. Muita gente trabalhando, não se tem ideia do estado das obras internamente, mas por fora a sensação é de que ainda há bastante a fazer. Estava até comentando que se não ficar pronta a parte externa o negócio seria ir à Cidade do Samba, contratar uns 20 ou 30 profissionais e elaborar plotters para decorar a fachada da instalação.

Ao final, a caminhada até a estação do BRT Rio II foi tranquila – embora um pouco longa, ainda mais com criança – mas o embarque foi mais tranquilo que o imaginado. Voltei rapidamente ao Via Parque em uma composição vazia. Isso leva a pensar que, com um fluxo não muto acima do verificado ao final de cada sessão, o sistema irá suportar bem.

20160526_200225Vale lembrar que a estação Centro Olímpico ainda não foi inaugurada e será em frente ao Parque Olímpico, diminuindo a caminhada necessária. Não sabemos se o estacionamento do Via Parque estará disponível como alimentador do sistema, mas é uma alternativa interessante caso esteja.

Concluindo, diria que esperava mais como um todo da Arena Carioca 2 por dentro (mesmo sabendo que a maior parte das arquibancadas são provisórias), mas, apesar da derrota do Flamengo, o teste foi bastante válido para se perceber uma série de questões práticas envolvendo o trâmite entre as sessões e mesmo a estrutura das principais arenas do Parque Olímpico.

Em junho estarei nas partidas de vôlei na Arena Carioca 1 e teremos aqui mais um relato.

Imagens: Arquivo Ouro de Tolo

[related_posts limit=”3″]

20160526_175958[1]

59 Replies to “Evento Teste Arena Carioca 2 – Flamengo e Bauru”

  1. Vi o jogo ontem na TV. A primeira situação que mais me chamou atenção foi a iluminação. Havia muita sombra em quadra. Mas em geral tudo pareceu em ordem.

    1. A iluminação ficou a maior parte do tempo com apenas 40% dos refletores ligados. Mas há outros problemas

  2. Pedro, bom dia! Eu, no dia 6, vou sair provavelmente do handebol (caso não consiga o basquete dos EUA, o que deve acontecer) umas 21h20 – o jogo começa 19h50 – e vou para as finais da natação. Pelo que eu vi da arena do futuro parao centro aquático é só atravessar o passeio confere? Nesse sentido com 40 minutos aproximados de prazo ta legal para chegar com tempo na natação? Valeu. Grande abraço.

    1. Taí Mario, um trajeto que gostaria de fazer… ontem tentativa sem sucesso na natação, o dia todo (praticamente). É digamos, o que me falta para fechar o planejamento. E a distância do Riocentro? Dá pra fazer a pé ou é viavel buscar outro meio ?( não irei com crianças).

  3. Legal o post. Fugindo um pouco do assunto> os ingressos de quinta para final basquete M e final do tênis simples M não deram nem pro cheiro, ein?!
    Estou perdendo as esperanças com a final do basquete M.

    1. Daniel, tenho a impressão – não é notícia, é feeling – de que a Fiba requisitou a maior parte das entradas. A conferir

    2. Daniel eu consegui comprar o ingresso para as duas finais. Porém o ingresso do basquete foi o mais dificil de conseguir. Pois mesmo eu e meu irmao com computadores lado a lado tentando. quando abriu ja nao tinha a categoria mais barata.
      Acho que eles colocaram muito pouco ingresso para o Basquete a venda.
      Eu estou na busca de ingressos para ginastica artistica e natação. Tomara que tenha novos lotes.

      1. Natação tinha eliminatórias mais cedo. Aliás, terei de me desfazer dos meus ingressos do dia 9 à tarde

      2. Como a esperança é a última que morre vou ficar tentando até o final o BK Masc final-64. O tênis eu tentei somente para eventual troca pelo BK64.
        Pedro, se o seu feeling for certeiro, o que isso significaria? Que posso partir para outra?

        1. Daniel, eu tenho a final do Basquete masculino cat a e poderia trocá-la pela do tênis. Se houvera interesse, podemos combinar quando tivermos os ingressos em mãos.

          1. Eu tenho interesse Rodrigo. Só não tenho os ingressos do tênis. Mas continuo tentanto…. tentando… Vc quer qtos do tênis e tem qtos do basquete?

  4. Pelo acompanhamento desde o primeiro sorteio, arriscaria dizer que é isso mesmo: os dois ingressos mais disputados foram as finais masculinas de tênis e basquete.
    As do vôlei e da ginástica, vi mais de uma vez disponíveis. Só não posso afirmar sobre Natação, pois não tentei comprar ingressos para a modalidade.

  5. Acredito que a partir de junho, com a liberação da compra direta de ingressos pelo site aos estrangeiros, as liberações de ingressos vão ser cada vez menores. Ainda tem o fato que o brasileiro deixa para se programar de última hora e assim vai ter bem mais procura no site.

    1. Eu já meio que desisti da final do basquete masculino, então diria que minha programação está fechada

  6. Eu praticamente fechei a minha tambem, só queria encaixar um jogo de basquete dos EUA.
    Pedro como vai ser o deslocamento do parque olimpico para copacabana? BRT tb?

  7. Então Migão, tenho partida de basquete da primeira fase dia 14/08, um domingo, e fiquei com dúvidas quanto ao acesso ao Parque Olímpico. Saio de Petrópolis e, como o trânsito estará restrito e complicado, optei por embarcar na rodoviária local até o Alvorada. A partir daí não consegui traçar a rota de BRT, já que a estação em frente ao Parque Olímpico ainda não foi inaugurada. Outra dúvida é quanto ao Terminal Parque Olímpico, pois, ao meu ver, só seria utilizada por quem viesse do Riocentro. Nunca tive experiência com o BRT então gostaria de ajuda pra saber quais linhas pegar.

    1. Pegue o BRT semi expresso na Alvorada, Transcarioca sentido Galeão. Desça na estação Rio II – a viagem é direta, sem paradas.

  8. Pessoal, passando na madrugada apenas para avisar que o Maria Lenk e a Arena Futuro também já estão setorizados no Google Maps. Lembrando que além deles, as três Arenas Carioca e a Rio Arena também já foram setorizados.

    E o mais legal: em algumas instalações dá para usar o recurso do Street View e navegar por todos os lugares, inclusive pela quadra/piscina!

  9. Hola Pedro, como siempre excelentes tus post, lo primero que hago al despertar es ver si hay algún nuevo artículo tuyo, jajaja. Los extranjeros estamos esperando con ansias la llegada del 1 de junio para ver si podemos comprar entradas que aqui en Argentina no se pueden comprar todavía.
    Aqui compramos muchas entradas (ingressos) a ciegas y tuvimos suerte en algunos como en el BK020 (juega argentina) y mala suerte en varios otros
    Yo tengo para cambiar (trocar) 4 entradas de hockey HO016 por 4 (o 2) HO017 (juega argentina) y 4 de handball HB006 (juega Francia).
    Muchas gracias por tus aportes, me son de mucha ayuda.
    Saludos

  10. Pedro, obrigado pelas excelentes informações, como sempre, tenho acompanhado os ótimos posts. Você sabe, por favor, se já foi publicada setorização do centro olímpico de tênis ?

      1. Obrigado! Um detalhe na Arena Carioca 1, estranhei a setorizacao, tenho assento 28 no 118, pelas fotos não sei se comporta, achava que o setor ia ser o maior…

        1. A gente tem de levar em conta que não é uma setorização oficial – por exemplo, tô achando estranho os setores atrás da tabela, centrais, serem o 108 de um lado e o 119 do outro.

          Mas este 118 do mapa caberia 28 assentos em uma fila, pelo que está lá. Vou até comparar com fotos que tenho da arena

          1. A previsão é que em junho a setorização esteja disponível no site de ingressos. Mas quero ver se antes cruzo algumas informações e tento chegar a mais um artigo aqui.

  11. Olá Pedro,

    Achei o site faz pouco tempo, mas, até agora, foi o melhor caminho que achei pra ver informações sobre as Olimpíadas.
    Sobre este post futuro, no qual você irá fazer algumas “rotas” para o Pq Olímpico, poderia incluir saindo do Centro (Praça XV). Moro em Tanguá (fim da região Metropolitana) e, saindo do “lado de cá” e indo até o Pq Olímpico não é uma viagem tão rápida/simples. Na época das Olimpiadas, qual caminho você acredita que será o melhor?
    Em tempo, comprei 3 ingressos para Brasil x Espanha no Basquete Masculino “no escuro” e, após desistência dos 2 amigos que iriam, consegui trocá-los pelo meu objetivo principal: ver o Basquete Masculino dos EUA, mesmo na primeira fase, já que, como falei, cheguei tarde na compra dos ingressos.

    1. Saindo de Tanguá, acho que a melhor opção é descer na altura da estação Praça 11 do Metrô (perto do Sambódromo) e dali fazer o combo Metrô-BRT

  12. Pedro, não consegui os ingressos para a final do tênis. Esgotaram-se, literalmente, em menos de cinco segundos. Ao menos consegui ingresso para todas as outras sessões que desejava.

    Desde a última quinta-feira não são disponibilizados ingressos para as sessões esgotadas das modalidades mais concorridas, como tênis, basquete e natação.

    Creio que, assim como na Copa do Mundo, mais ingressos serão disponibilizados até o início do evento e até mesmo às vésperas das sessões. Todavia, a competição pelos ingressos será brutal, exigindo muita sorte e um monitoramento exaustivo e impossível de ser realizado por quem trabalha.

    Alguém sabe se foi desenvolvido algum mecanismo ou aplicativo que alerte sobre a disponibilidade de ingressos? Em Londres 2012, foi aberta uma conta no twitter (2012ticketalert) e criado um aplicativo (ben marsh checker), que ajudaram milhares de pessoas a conseguir ingressos, nos moldes do Scorpyn. O mais interessante é que a conta no twitter chegou a ser suspensa a pedido da organização, mas foi reativada após milhares de reclamações.

    Mais uma vez, parabéns pelo blog!

    1. Por partes:

      1) eu não olhei direito o site no final de semana, mas também não vi entradas novas. Eles estão demorando demais em colocar no site os bilhetes que disponibilizamos para revenda;
      2) provavelmente sim;
      3) que eu saiba, não. Se algum leitor souber, agradeço;

  13. Pedro, será que o Bloco 113 da Arena Carioca 1 é realmente central, como mostra no google maps?

    Encontrei ingressos para Austrália x EUA nesse Bloco e Fila A.

    Abraços

    Igor

    1. Deve ser central sim. Só não sei se Fila A é uma boa, porque pelo que vi na Arena 2 tem grades atrapalhando a visão

      1. Olhei agora na Arena 2 e realmente tem grades, o que deve incomodar bastante. Quando teve o evento teste na Arena 1 ainda não havia as grades.

        Imagino que devam repetir e colocá-las então mais pra frente.

        Obrigado

        1. Acabei de olhar na página oficial da Rio 2016 e na apresentação das Arenas a 2 está com as grades e a 1 não…e agora?

          Rsrs

          1. Acho que o evento teste do vôlei, no qual estarei, irá dirimir estas dúvidas. Ainda temos de ver onde ficarão os bancos de reservas

          2. Acredito que a fileira A, na Arena Carioca 1 não deve ser um lugar muito proveitoso. Acabei de comprar um ingresso para EUA X Australia, Categoria C, e fui alocado na fileira U, setor 218.

            Em seguida, apenas para “mapear”, tentei comprar um novo ingresso. Dessa vez, fileira A, setor 219.

            Vocês acham que eles disponibilizarem o assento fileira U primeiro é porque o setor é melhor, ou a fileira A seria um lugar ruim mesmo? Acho estranho, a esse ponto das vendas, uma fileira A disponível, independente do setor. O que acham?

    1. Ontem atualizaram o ‘status’ de revenda. Os meus agora constam todos como revendidos. Falta só o reembolso.
      Será que vão mandar o ingresso revendido para depois mandarmos de volta?

      1. Os meus também foram atualizados hoje – apesar de eu não ter recebido nenhum e-mail. Agora é aguardar, mas já estou mais aliviado de que tudo está funcionando corretamente!

        Espero que dê para devolver os ingressos cancelados nos pontos de venda físicos também, e não só por correios.

        1. Também conferi, e muitos ingressos que devolvi foram revendidos. O sistema parece dar saltos, sendo atualizado de 3 em 3, ou 4 em 4 dias. Isso porque consegui revender vários ingressos que estão disponíveis até com alguma folga no site (uma sessão de tiro com arco, outra de hoquei, por exemplo), mas ainda aparecem como não vendidos sessões que já estão esgotadas (como a final do handebol e o dia 11 do tênis). Provavelmente na próxima atualização esses últimos aparecerão como vendidos.

Comments are closed.