Categorizado | Pedro Migão

Um Mini Guia do Espectador para a Rio 2016

20160526_161142

(Atualizado dia 01/06 às 14:20)

Estamos entrando em junho e, a princípio, deveremos ter a ampliação da venda de ingressos para bilheterias físicas e abertura do site de ingressos para o público internacional. No momento em que escrevo (terça feira, 31) a primeira data não foi anunciada oficialmente pelo Comitê, mas a expectativa é de que seja em breve. Já o site de ingressos está liberado para residentes fora do Brasil desde a manhã deste dia 1º.

Também foi prometida recentemente a disponibilização de um “Guia do Espectador” no site oficial, com as normas para acesso às instalações e, finalmente, o mapa setorizado das novas arenas. Conforme alguns leitores alertaram, no Google Maps já consta o que seriam as setorizações das Arenas Cariocas e do Velódromo. Ainda que seja um dado não oficial, já dá uma ideia do que nos espera com nossos ingressos.

O mote deste artigo, porém, é resumir o que consta na página dos “Termos e Condições” do site de ingressos no que consta ao que pode e ao que não pode ser feito ou levado às arenas. Por mais que esteja disponível – e atualizada frequentemente – muita gente nem sabe da existência destas informações de forma pública no site; então a ideia é resumir esta parte das regras em tópicos, aqui. A última atualização deste capítulo no site da Rio 2016 foi feita em 28 de agosto do ano passado.

20160526_163352O primeiro ponto a se levar em conta é que, como afirmei em outra ocasião, o fato de ter se comprado ingressos não dá aos adquirentes a propriedade dos mesmos. O que se compra é a licença de uso daquele lugar/assento naquela sessão, somente. Isso pode parecer uma filigrana jurídica mas permite, por exemplo, a realocação em outro lugar caso isso seja conveniência da organização do evento – em posição equivalente.

Uma curiosidade é que caso o dono daquela licença de ingresso deixe a sessão antes de seu término o ingresso poderá ser revendido pelo Comitê. Pessoalmente, acho bem complicado se conseguir fazer isso: como vão determinar que a pessoa foi embora? Mas é uma possibilidade prevista. O regulamento deixa claro que não está prevista a possibilidade de reentrada, a não ser em caso de emergência.

Outro ponto é que o Comitê não se responsabiliza por qualquer tipo de prejuízo eventualmente sofrido pelo dono do ingresso nas instalações. Isso inclui roubos, furtos ou mesmo eventuais danos físicos, morais e materiais que se julguem ocorridos nas dependências dos Parques Olímpicos.

20160526_194001Aqui a página está desatualizada, porque o ponto acima é estendido a roubo de ingressos ou perda e hoje já há a previsão de reemissão nestes casos, desde que seja feito o Boletim de Ocorrência.

Após passar pelas condições de cessão e uso dos ingressos – que já discutimos aqui – o regulamento entra na parte propriamente dita de permissões e proibições nas arenas. Vale lembrar sobre isso, apenas, que é permitido repassar ingressos a amigos/parentes, desde que ao preço de custo.

Entre os itens proibidos nas arenas, constam coisas como – mas não somente:

  • Explosivos;
  • Fogos de artifício/sinalizadores;
  • Armas de fogo ou semelhantes, mesmo que de brinquedo;
  • Outros tipos de instrumentos com poder de ferir alguém – facas, por exemplo;
  • Tripés de câmeras ou bastões;
  • Drogas ilegais;
  • Apontadores lasers;
  • Buzinas e apitos;
  • Dispositivos de comunicação ou de rádio – à exceção de celulares;
  • Bicicletas, skates e assemelhados;
  • Bancos e cadeiras;
  • Bolsas e mochilas MAIORES que 25cmx25cmx25cm e QUE NÃO CAIBAM embaixo do assento;
  • Bandeiras e cartazes maiores que 1mx2m;
  • Bandeiras e cartazes com qualquer tipo de mensagem política ou comercial;
  • Qualquer tipo de bebida;
  • Qualquer tipo de recipiente de vidro;
  • Qualquer tipo de mensagem política, discriminatória e assemelhados;
  • Tripés e equipamentos semiprofissionais de fotografia e filmagem;
  • Alimentos que não para uso pessoal;

20160526_164723Alguns comentários se fazem presentes sobre esta lista. O primeiro é que se reforça a sugestão para que bolsas sejam deixadas em casa. Cheguei a ver tempos atrás na imprensa que somente seriam permitidas bolsas transparentes à moda das usadas nos estádios da NFL, mas pelo menos neste regulamento disponível não há essa determinação.

Outro é que deixa-se aberta a porta para a entrada com alimentos nas instalações, embora a lista de itens permitidos listados imediatamente a seguir diga apenas que são permitidos alimentos infantis. O que me parece é que se deixou redigido de forma dúbia para se decidir mais à frente – dependendo de algum órgão ou não exigir o cumprimento da legislação que permite a entrada com alimentos para uso pessoal.

Também está permitida a entrada com garrafas plásticas vazias para enchimento com água. Uma curiosidade aqui é que não estão permitindo nos eventos teste garrafas com tampas nas áreas das arenas, aí fica a dúvida: estas garrafas para reenchimento terão de estar destampadas?

20160514_154012Entre os itens permitidos  – desde que sejam levados “com discrição” – também se incluem:

  • isqueiros os fósforos para uso de fumantes;
  • tanques de oxigênio por recomendação médica;
  • guarda-chuvas menores que 70cm de comprimento (desde que sem pontas afiadas);
  • remédios;
  • carrinhos de bebê nas áreas determinadas;
  • cães guia nas áreas determinadas;
  • cremes, géis e similares em potes menores de 200ml;
  • bebidas especiais para bebês;

Vale lembrar que a permissão para uso dos cães guia não se estende às áreas de arbitragem… Após as proibições de itens temos a de comportamentos. Esta é extensa e abaixo, um resumo destas;

  • lutar/brigar;
  • fumar fora das áreas permitidas;
  • jogos de azar;
  • pedidos de dinheiro;
  • o chamado “marketing de emboscada”;
  • atividade ou protesto relacionado a sindicatos e conteúdo político ou religioso;
  • venda não autorizada de ingressos;
  • transmissão e/ou gravação não autorizada através de telefones móveis ou outros instrumentos (câmeras de vídeo, gravadores, etc.);
  • fotografias com flash;
  • permanecer em pé nos assentos;
  • entre outras;

20150719_093956Aqui três pontos chamam a atenção. O primeiro é o chamado “marketing de emboscada”, ou seja: aquelas camisas do Banco do Brasil que se vê nos jogos de vôlei, por exemplo (acima), estão proibidas. Mas da forma como está redigido, abre-se a possibilidade de se proibir o uso de camisas de clubes com patrocínio na frente ou nas costas da camisa, por exemplo – como já se tentou fazer na Copa do Mundo. Seria ponto que o Comitê deveria esclarecer.

O segundo é a questão das manifestações políticas. Se forem retirar das arenas todo mundo que vaiar o “presidente” Michel Temer ou ficar de costas durante a sua intervenção na Cerimônia de Abertura, por exemplo, o número de seguranças privados dentro do Maracanã terá de ser muito maior que o programado… Óbvio que, na prática, isso vale para manifestações isoladas durante as competições; mas à letra fria das regras, vaiar políticos está proibido.

O terceiro mereceu um item específico mais abaixo, que é a questão de fotografia e filmagem nas arenas e sua divulgação em redes sociais. Segundo as normas apresentadas, os espectadores filmados desde já concordam com o uso irrevogável de sua imagem; até aí, é praxe em grandes eventos.

Novidade, ao menos para mim, é a proibição da postagem de vídeos das arenas em redes sociais como o Facebook e o Twitter. O parágrafo está mal redigido, mas meu entendimento é este: “portadores de Ingressos podem capturar, gravar e/ou transmitir áudio ou vídeo feitos nas Instalações, unicamente com fins pessoais, privados, não comerciais e não promocionais, exceto para licenciamento, transmissão e/ou publicação de quaisquer de tais vídeos e/ou gravações sonoras, inclusive em mídias sociais e na Internet.”

Eu sinceramente não acredito que irão ficar vasculhando redes sociais atrás de gravações deste tipo; me parece que o alvo principal é o YouTube. Ainda assim, teoricamente abre a possibilidade de haver processos por uso indevido de imagem a quem postar vídeos no Facebook, por exemplo. No parágrafo anterior ao transcrito acima o Comitê autoriza a publicação de fotos e resultados de competições nestas mesmas redes sociais, bom lembrar.

O Guia de Espectadores a ser lançado proximamente deverá ser mais claro quanto a estes aspectos. Mas é bom o espectador se preparar para atender aos requisitos exigidos de permanência nas instalações.

P.S. – A secretaria de Estado de Transporte confirmou que a linha 2 do Metrô, que atende ao Maracanãzinho, fechará à meia noite durante a competição. Ou seja, antes do término das partidas de vôlei, inclusive a final feminina – e provavelmente todas elas, partidas do Brasil. Nem sei como classificar esta decisão.

P.S.2 – Segundo a Folha de SP, o vôlei feminino já sabe os horários em que irá jogar na primeira fase. No dia 6 a estreia na sessão das 15 horas (provavelmente no jogo de fundo às 17:30), nos demais dias sempre fazendo o último jogo do dia na sessão das 20:30, às 22:30. Aí a gente volta ao item anterior… A propósito, não acho impossível o vôlei masculino ter a mesma exceção para a estreia dia 7.

Imagens: Arquivo Ouro de Tolo

80 Respostas para “Um Mini Guia do Espectador para a Rio 2016”

  1. Marcos Monteiro disse:

    No evento teste da Ginástica Artística apreenderam a colher de inox que eu usaria para para raspar uma maçã para o meu filho que na ocasião tinha 4 meses. Disseram que só poderia se fosse de plástico. Sorte que minha esposa precavida tinha levado uma de plástico de reserva

    • Pedro Migão disse:

      Eu até entendo proibirem – se tacarem na direção de um árbitro, por exemplo, pode até machucar. O problema é a falta de critério.

  2. Thiago disse:

    Ola Pedro, suas dicas são uma salvação para quem não é do Rio. A Pergunta é sobre alimentação no local. Por exemplo, temos seções longas no tênis, atletismo,…Dentro do complexo de tênis/Engenhao terá restaurantes (Comida ou Lanches)? Já que não poderemos sair e voltar a um evento essa informação é bem relevante.

    • Pedro Migão disse:

      Thiago, a informação é que haverá lanchonetes dentro das instalações, com hamburger, cachorro quente, snacks, refrigerantes e cervejas. O “restaurante oficial” é o McDonald´s, mas a informação inicial é de que não haverá lanchonetes da marca nos Parques Olímpicos.

      Outras opções dentro dos Parques Olímpicos desconheço. Embora acredite que na área de convivência dentro do Parque Olímpico da Barra haja outras opções.

      Para o da Barra, se houver um intervalo de umas duas horas entre uma sessão e outra dá para ir ao shopping Via Parque e almoçar. Relativamente perto do Maracanã/Maracanãzinho há bastante restaurantes também. Só Deodoro que é bem isolado.

      Já disse a minhas filhas que iremos passar quase um mês à base de fast food… risos

  3. Marcos disse:

    Pedro, sobre fotografias, queria levar minha camera com lentes objetiva 200 ou 400, modelo Canon L ( ou seja, aquelas boas para fotos com zoom ), mas sem levar o tripé. No seu texto fala que nao pode “Tripés e equipamentos semiprofissionais de fotografia e filmagem;”. Isto significaria que nao deixarão entrar cameras melhores?
    ( em tempo, parabéns pelo excelente conteudo dos seus posts! É leitura fundamental para o RIO2016!! )

    • Pedro Migão disse:

      Marcos, bom dia. É uma boa pergunta. Da maneira como está atualmente a resposta seria que não poderia, mas aí é caso de se esperar o tal “Guia do Espectador” que será lançado brevemente.

      • Fabio Torres disse:

        Marcos e Pedro, também estou nessa situação. Fora as informações aqui, não vi proibição para minha câmera. Vocês já tem uma definição? Obrigao.

  4. Luis Fernando disse:

    Ótimo guia Pedro, mais um excelente trabalho. As minhas maiores dúvidas, que são a possibilidade de se levar alimentos para uso pessoal e bolsa/mochila, vou ter de esperar o comitê mesmo… Já em relação a garrafa de água, no Rock in Rio foi a mesma coisa, e oficialmente só era permitida a entrada da garrafa sem a tampa, porém vários a esconderam nos tênis…

    • Pedro Migão disse:

      Sobre bolsas/mochilas: EVITE. Até porque o evento teste da ginástica já deixou claro que a revista será muito mais demorada e criteriosa neste caso. E veja nas fotos que o espaço embaixo das cadeiras é bem pequeno.

      Sobre alimentos, impressão que eu tenho é que a questão está em aberto.

      • Juliano disse:

        Migão, não sei se quando você escreveu o artigo a informação do tamanho da bolsa era explicita, mas consultado agora os itens restritos no site da Rio2016 não vi o tamanho máximo explícito (25x25x25). Você conseguiu essa informação onde? Falando com a central? Ou será que estava no documento e eles tiraram?

  5. Thiago Moreira disse:

    Uma situação que me chama a atenção será a de sessões com 2 jogos. Nos meus planos umas 2 vezes eu chegarei na arena pra ver o segundo jogo. E pelo que estou entendendo, há a possibilidade de ser barrado? E quem se atrasar mesmo, pegar trânsito? É uma questão que caso seja implantada, vai gerar polêmica…

  6. Pedro Migão disse:

    Leitores me alertando que o site de ingressos foi aberto hoje ao público internacional. Não tive ainda como checar, mas se puderem olhem e confirmem aqui, por favor.

    • Pedro Migão disse:

      Confirmado

    • Stella disse:

      Pedro, acredito que tenha sido aberto sim. O texto que consta no site agora é o seguinte:

      Mora fora do Brasil?
      Se você não reside no Brasil, você pode comprar seus ingressos junto ao revendedor autorizado de ingressos do seu país. Clique aqui [link] para ver as informações dos Revendedores Autorizados do Rio 2016 ao redor do mundo. Você pode também comprar ingressos nessa página com seu cartão de crédito Visa internacional. [link]

  7. Eduardo disse:

    No Rock in Rio eles recolhiam as tampinhas na revista. Só dava pra entrar com garrafa aberta.

  8. Joao Paulo disse:

    Pedro, boa tarde!
    Parabens pelas informações, muito bacana!
    Sobre entrar e sair das Arena, na semana passada fiz um questionamento no Facebook para o perfil Rio 2016 se isso seria possível. Me foi passado que sim, inclusive tenho print de tela no celular com essa resposta, pois estava na duvida entre comprar uma seção que abrange o dia todo no tenis, e no meio teria uma qualificatoria de natacao, acabei comprando com essa informação.
    Abraço.

    • Pedro Migão disse:

      Olha, não é isso que está no guia. Mas acho bem possível uma exceção aberta para o tênis, até por conta da possibilidade de chuva.

  9. Clovis disse:

    Boa tarde pedro,

    Mais uma vez o teu post nos informa detalhes ignorados mas de fundamental importancia para nós que vamos frequentar os jogos da Rio16.
    Voce é do Rio e não deve ter está preocupação que vou relatar.
    Meus ultimos ingressos adquiridos, coloquei a opção “bilheteria”. Sou de Sao Paulo, e evidentemente não vou deixar para a ultima hora para retira-los.
    Atraves de tuas preciosas informações, voce sabe nos dizer aonde será o local de retirada de ingressos em locais onde haverá jogos também? Explico: em São Paulo, haverá jogos no Itaquerão, e é um local distante do centro da capital. Voce saberia aonde estarão as bilheterias em outras cidades?

    • Pedro Migão disse:

      Essa é uma boa pergunta. Em Salvador, único divulgado até agora (ao menos que eu tenha visto), será na Fonte Nova e em um shopping da cidade. Quer uma dica? Procure saber se há em SP algum shopping administrado pela Alliansce, parceira do Comitê.

  10. Joaquim disse:

    Migão,

    Tem idéia dos esportes contemplados na liberação de amanhã?

    (Se é que vai ocorrer)

    Obrigado.

  11. jorge disse:

    Abriram só algumas sessões preliminares e a disputa pelo bronze de duplas femininas e mistas

  12. Felipe disse:

    Anteontem apareceu ingresso abertura categoria D. porem se esgotou rapidamente. Reparei que desde segunda eles tem liberado mais ingressos provavelmente revenda no site.
    Fim de semana eles quase nao liberam ingresso pelo que tenho acompanhado. mas pode ser impressão minha tbm.

    • Pedro Migão disse:

      Eu tenho ingressos de revenda que coloquei há um tempão e até hoje não veio pro site. Sessões esgotadas inclusive.

      • Gabriel Amaral disse:

        Coloquei meus 2 ingressos para o Volei Feminino (VO025) CAT D para revenda no site, e junto, meu ingresso pro Bronze do Fut Feminino em SP CAT E, ambos umas 2 semanas atrás e foram revendidos hoje.

        Confesso que fiquei com medo do Bronze não revender, visto que ainda sobra ingressos para tal. Do volei, acredito que tenha ficado uns 10 minutos disponível no site, e logo depois já arremataram.

        • Pedro Migão disse:

          A atualização nas contas está demorando demais, eu tenho ingressos que já foram revendidos e o status ainda aparece como disponibilizado para revenda

      • Felipe disse:

        Como vc sabe se foi para o site ou não? Quando eu coloco para revenda apenas aparece “disponibilizado para revenda” e depois aparece “ingresso revendido” e depois “reembolso efetuado”.
        Essa semana que foi atualizado algumas revendas minhas informando que foram revendidos.

  13. Carlos Gil disse:

    Por uma experiência prévia, que acredito se repetirá no Rio: não há problemas em optar por assistir à segunda partida apenas de uma sessão de dois jogos, como ocorre no basquete. Fiz isso em Londres. E nem adianta tentar ficar para uma terceira ou quarta sessões. O ginásio é meticulosamente esvaziado pela segurança. E esse papo de aqui é Brasil e não vai ser tão organizado? Não apostaria muito nisso em relação aos acessos a instalações.

    • Pedro Migão disse:

      Boa informação, Gil. Lembrando que aqui no Rio só o basquete feminino terá dois jogos por sessão, o masculino não – ao contrário do vôlei.

      E concordo quanto ao cumprimento da lei: espertinho que tentar ficar para a sessão seguinte vai conhecer o delicado tratamento da PM carioca…

      • Thiago Moreira disse:

        Bom ter esse ponto de vista de quem já pssou por isso. Pois estarei nesta situação e gostaria mesmo de não ser barrado…rs

  14. Andre disse:

    Pedro… o que você tem a dizer sobre as entradas pra estudante/professor e idosos.
    Vão conferir?
    Terão catracas específicas?
    Obrigado

    • Pedro Migão disse:

      1) acho que irão conferir;
      2) acho que somente para idoso e assim mesmo por conta da lei que obriga atendimento preferencial. No evento teste da ginástica – http://www.pedromigao.com.br/ourodetolo/2016/04/evento-teste-qualificatorio-de-ginastica-ritmica/ – que foi o mais próximo da operação olímpica, foi desta forma.

    • jorge disse:

      na copa do mundo não conferiam nada. Só os idosos que possuíam catracas especiais, aí nesse caso quem tentava dar uma de malandro ficava de fora. Acho que nos eventos muito movimentados não irão conferir,até porque os voluntários não querem se preocupar com isso. mas eu não arriscaria tentar entrar sem carteirinha de estudante. Vale lembrar que de acordo com o Comitê, irão exigir carteirinha E declaração, apesar de eu achar que só exigirão um dos 2.

      • Pedro Migão disse:

        Também acredito que só exijam um ou outro

      • Joaquim disse:

        Acho que dependerá do movimento. Vamos supor que o Brasil (futebol masculino) chegue na final. Impraticável conferir documentos com 80 mil querendo entrar.

        • Pedro Migão disse:

          Os dois primeiros dias de futebol no Engenhão darão uma boa medida do que irá ocorrer. Agora, uma informação: quem tiver ingressos para a Abertura prepare-se para chegar cedo e enfrentar uma revista e conferência de ingressos MUITO rigorosa.

  15. Joaquim disse:

    Migão,

    A setorização do Maracanãzinho e do estádio de tênis já aparecem no Google Maps também.

    Falta apenas o Engenhão (considerando que a setorização do Maracanã será a mesma da Copa)

    Abraços!

  16. thiago disse:

    Ola Pedro, Você que já foi nas arenas poderia, por favor, me dar uma opinião.
    Para o Basquete é melhor ficar atras da tabela no primeiro nível ou na Lateral no segundo nível? Aproveitando….no basquete a visão da diagonal é boa? Obrigado.

    • Pedro Migão disse:

      Acho que lateral nas primeiras filas no segundo nível será melhor, mas somente depois do evento do vôlei na Arena Carioca 1 que formarei minha opinião definitiva

  17. Luiz Gustavo disse:

    Pedro, chegou a visitar o Centro Olimpico de Tenis no evento teste? Pergunto porque, de acordo com o mapa do Google, tenho alguns ingressos de categoria A no quer seria o setor central exatamente atrás da cadeira do juiz, o que me deixou preocupado.

    Minha fileira mais próxima é a E e o assento é de numeração baixa, então deve ser no início das cadeiras, e não no centro do setor. Queria impressões de alguém que visitou o local se minha visão seria prejudicada e a que ponto. Uma pena isso. Consegui tais ingressos no primeiro sorteio, e por isso esperava ser alocado no fundo de quadra, considerado o local “mais nobre” para se ver as partidas de tênis.

  18. Clovis disse:

    Alguem tem algum link mais detalhado da Arena do Tenis? E do Maracanãzinho tambem?

    • Luiz Gustavo disse:

      Também são as duas arenas que mais me interessam Clovis.
      Espero que a divulgação oficial não se trate apenas dessa setorização no Google Maps.

      Queria muito saber como foi feito em Londres 2012.

  19. marcia disse:

    boa noite, estou indo assistir a final do atletismo com meu filho de 8 anos.Como poderei voltar ao hotel cerca da meia noite horário que ira acabar a competição, ja que havera muitas ruas interditadas, e haverá o que comer dentro do engenhão?
    obrigada por me ajudar.sou do paraná

    • Pedro Migão disse:

      O trem irá funcionar até o final das competições no Engenhão. E há lanchonetes dentro do estádio

  20. Beatriz Nogueira disse:

    Boa tarde :) quais são as lanchonetes/restaurantes localizadas na arena carioca 2 na Barra da Tijuca ou em suas proximidades?

Trackbacks/Pingbacks


Visitas

Facebook