Deprecated: get_the_author_ID está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use get_the_author_meta('ID') em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Além de neste mês comemorarmos o ‘’Setembro Amarelo’’, que diz respeito à conscientização sobre o suicídio, comemoramos também, no dia 17, o dia mundial do doador de medula óssea.

Por conta dessa data importante e por estar conversando muito com meu colega colunista Aloisio sobre o lançamento do seu livro ‘’Amor’’, que aborda a leucemia, a coluna Setentrional abre espaço para falar de um dos mais nobres gestos de amor: Doação.

Desde novinha eu sempre pensei muito sobre o tema; sobre doar sangue, órgãos e tudo que eu pudesse. Mas uma hepatite em 2009 me impediu de prosseguir com essa ideia.

E você, já pensou?

gesto02A medula óssea é algo extremamente importante. Ela produz nosso sangue e os seus elementos figurados. Fica localizada no interior dos ossos, diferente do que muita gente imagina. Infelizmente, muitas doenças podem acometer nosso sangue: dentre as principais estão as leucemias, e a cura definitiva só é possível através da doação de medula.

Muitas coisas giram em torno da decisão de se tornar um doador: medo, dúvidas, a chance baixa de compatibilidade, entre outros. E a coluna de hoje é dedicada a tentar sanar um pouco dessas dúvidas.

Primeiramente, você precisa ter entra 18 e 55 anos para ser doador e não possuir nenhuma doença infecciosa ou que acometa o sangue. Isso é o primordial. Após tomar a decisão de se tornar doador, você precisa se cadastrar no sistema, o que pode ser feito no hemocentro de qualquer estado.

Você preencherá uma ficha com seus dados pessoais e fará uma série de exames para determinar suas características importantes – a famosa compatibilidade. É claro, antes disso tudo, também fará exames para saber se é realmente uma pessoa saudável. Feitos os testes de histocompatibilidade, os seus dados serão cruzados com os registros, para verificar se há alguém compatível precisando da sua doação.

gesto_de_heroi13Tudo muito bonito, muito lindo, mas não funciona tão facilmente. Muitas pessoas não têm tempo e disponibilidade para se submeter a tais testes. E outras, pior: desistem em cima da hora. Recebem a ligação avisando que há alguém compatível na espera e na hora de dar o último sim, dizem não. Por isso a doação de medula  deve ser uma decisão bem pensada desde o início.

Caso você decida doar, será transferido, muito provavelmente para o INCA e sem nenhum custo – vale ressaltar – para fazer a cirurgia. Isso é outra coisa que causa medo nas pessoas: o procedimento. É realizada uma punção com anestesia local ou geral e a quantidade de medula retirada varia de acordo com o peso de quem doa e de quem precisa. A medula é recomposta em alguns dias e o incomodo no local da punção é passageiro. Tudo para o doador é passageiro, já a alegria e gratidão de quem recebe, não.

O nome que intitula essa coluna é uma exposição que ocorreu no Rio e que impulsionou as doações. Ações e datas como essas são importantes para a conscientização das pessoas.

E você, quer ser um super herói?

Imagens: Ministério da Saúde

[related_posts limit=”3″]

5 Replies to “Gesto de Herói”

  1. Já doei sangue algumas vezes. Doi nada e bom que pode ajudar alguém. A vida é cíclica. Um dia podemos ser nós a precisar.

    Obrigado pela lembrança ao livro.

Comments are closed.