Deprecated: get_the_author_ID está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use get_the_author_meta('ID') em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

A temporada europeia está começando e com ela voltarão os jogos de todos os campeonatos europeus em TVs fechadas. Os jogos dos grandes astros e daquele que para muitos é o melhor de seu tempo.

Lionel Messi.

Provavelmente será mais uma temporada que ele jogará pra cacete, fará gols a rodo e levará o Barcelona a grandes vitórias. Deve ganhar a Bola de Ouro da Fifa no fim do ano como melhor jogador de 2015, tudo que fez no ano já credencia a isso, o que levará a sua quinta conquista do troféu. Um grande marco.

Pelé_1960E voltará a questão de quem foi o melhor. Pelé ou Messi.

É difícil comparar os dois tempos. O futebol de hoje é muito diferente do jogado nos tempos de Pelé e fica injusto com o Rei quando o tempo passa e cada vez menos gente é testemunha de seus feitos em campo enquanto até um espirro do Messi passa via satélite. Para quem acompanha o futebol de hoje apenas o argentino é um Deus.

Falam que o futebol de antigamente era mais fácil, com menos pegada e isso tudo provoca uma grande injustiça.

Primeiro que não dá pra dizer que era mais fácil quando os grandes craques da história do futebol jogavam naquele tempo. Hoje temos Messi, Cristiano Ronaldo e lambam os beiços. Também não dá pra dizer que era menos pegado. Podia até existir mais espaço para a criação devido os esquemas mais voltados para o ataque. Mas os zagueiros eram viris e chegavam junto. Muitos saíam machucados de campo, tinham suas carreiras abreviadas por a medicina não ser tão avançada quanto hoje e não existiam milhões de câmeras nos jogos como hoje para denunciar a violência.

E outra. Imaginem com a medicina, a preparação e os campos maravilhosos de hoje o que Pelé poderia ter feito?

Os defensores de Pelé falam de seus mais de mil gols e os títulos pela seleção. Os de Messi falam que o futebol de clube hoje é mais importante que e seleção e Messi não jogou contra times fracos como os do campeonato paulista para marcar tantos gols.

Mas como eu disse no título da coluna. Vamos falar de Messi.

Não sou maluco de ir contra o argentino em sua qualidade. Ele é um monstro e o melhor de seu tempo com certeza. Mas tenho algumas coisas a levantar.

Caceres-Messi-Foto-ReproducaoFacebook_LANIMA20150614_0026_26Messi joga num time monstruoso como ele. Um time repleto de craques que vem de uma escola de futebol. Os jogadores chegam no time de cima já sabendo exatamente o que fazer desde a base. Queria ver Messi jogando num time mais fraco, o Flamengo por exemplo. Seria um sonho. Pra nós rubro negros, claro.

E por mais que digam que não o futebol de seleção ainda é muito importante, sim. Messi ganhou título olímpico pela Argentina sim e só. O país vive um vazio de títulos adultos desde 1993. Messi é o principal jogador de seu país e assim como as glórias do Barcelona caem em seu colo os fracassos da seleção vão para suas costas.

Na verdade Messi nunca brilhou na seleção argentina, não como brilha no Barcelona, não do que se espera de alguém que pleiteiam ser o melhor do mundo de todos os tempos. Para ser o melhor de sua profissão em todos os tempos tem que ser o melhor em tudo e me desculpem, apenas falando em seleções Messi é menor que Platini, Zidane, Romário, Ronaldo e até mesmo Iniesta, seu companheiro de clube que levou a Espanha ao inédito titulo mundial.

Mesmo sendo eleito o melhor da Copa de 2014, arrisco a me dizer que em seleções Messi é do tamanho de Neymar. E, evidente, Messi é menor que Maradona.

Acho que, se tem um argentino que pode entrar em duelo com Pelé, é Maradona e mesmo assim perde.

Fica de Messi, até agora, seu brilhantismo, genialidade e conquistas pelo Barcelona. Fica de Messi os fracassos com a camisa da seleção argentina. Mas como diria a banda dos anos 80 Metrô “E no balanço das horas tudo pode mudar”. Ele ainda tem 2018 pra tentar ser o melhor.

Do mais que bom podemos ver Messi jogar.

Twitter – @aloisiovillar

Facebook – Aloisio Villar

One Reply to “Vamos falar um pouco de Messi”

  1. Maradona protagonizou a maior atuação de um jogador de todos os tempos em Copa do Mundo em 1986. Nem Pelé jogou tanto e foi tão importante para o Brasil quanto Maradona foi em 86 (e isso não quer dizer que um tenha sido melhor que outro — essa discussão pouco me importa). Ainda falta ao Messi chegar ao patamar do Maradona em termos globais.

Comments are closed.