Na última semana, Portela e Mangueira divulgaram seus enredos para 2020. Neste vídeo faço uma análise preliminar dos enredos das duas escolas, chamo a atenção para a Grande Rio e cito o quadro geral previsto para este ano.

O vídeo está abaixo.

Imagem: Ouro de Tolo

9 Replies to “Os Enredos de Portela e Mangueira (Vídeo)”

  1. Espero mesmo que tenha um viés político no enredo da Portela. Que Renato volte a fazer isso, como fez em enredos da Tijuca, Caprichosos e mesmo na Mocidade, quando colocava umas pitadas de crítica tb.

  2. Migão, é meio fora de contexto, mas também se aplica por causa de alguns enredos.

    Circulou pela imprensa que a Record (que é da Igreja Universal) estaria com interesse de transmitir os desfiles de 2020. Neste cenário em que a Grande Rio vai falar sobre um pai de santo que foi importante pra umbanda no Brasil (o Joãozinho da Golmeia), com uma União da Ilha pretendendo falar sobre um orixá e com a Mangueira abordando Cristo de uma forma polêmica, você acha que a Record vai ter interesse em transmitir o Carnaval do ano que vem? E se tiver, as escolas terão que se preocupar?

      1. É, e no fim das contas, as escolas preferiram renovar com a Globo mesmo.

        Lendo alguns comentários no grupo Sambas de Enredo no Facebook, vi um misto de indignação com alívio com esta notícia. Porém, eu acredito que a Globo poderia abrir um canal destinado apenas às escolas de samba na TV por assinatura, tipo um Premiére, mas do samba. Seria um canal com programas valorizando as escolas de samba, além dos desfiles na íntegra, tanto do Rio quanto de São Paulo. Se bem que esta ideia se aproxima mais do antigo canal CMT (que era uma espécie de MTV do sertanejo e operou no Brasil na segunda metade dos anos 90).

        Pra mim, uma possível entrada da Record nos desfiles soaria muito estranha e esquisita, já que o canal é controlado por uma igreja evangélica, que condena o Carnaval e a Igreja Católica, por mais que Sabrina Sato, estrela da emissora da Barra Funda, tenha sido rainha de bateria da Vila Isabel e a Ana Hickmann tenha desfilado pela Grande Rio. Ainda bem que as escolas fecharam com a Globo. Mas a platinada tem que fazer esta MTV dos sambas – enredo, que é o que falta para uma maior divulgação das escolas, especialmente as menos abastadas e famosas

          1. Acho que esse modelo de tv aberta não terá vida longa. Mas este talvez seja o menor problema corporativo-estrutural das escolas hoje…

Deixe uma resposta para Pedro Migão Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.