Com um show da sua torcida, o Flamengo venceu a primeira partida da série melhor de cinco da final do NBB contra o Franca, por 82 a 68.

A partida marcou o retorno do rubro-negro carioca ao Maracanãzinho, com público de 7.033 torcedores. O melhor da partida foi o ala-pivô Olivinha, com 23 pontos, jogador de muita raça e que é o xodó dos flamenguistas. O Franca, que se classificou em primeiro para os playoffs, teve um atuação muito abaixo das últimas partidas, e espera reverter esse placar com a vantagem de ter os próximos dois jogos em casa (23 e 25 de maio), no Pedrocão.

Lucas Dias, ala-pivô do Franca, comentou sobre a fraca atuação da equipe no primeiro jogo. “A gente teve uma atitude muito negativa no começo do jogo, que nós não estávamos tendo desde a etapa classificatória. A gente não marcou nada, e acabamos deixando eles fazerem o que queriam durante o jogo, chutar as bolas. A gente sabia que o Marquinhos ia querer fazer volume de jogo, o Olivinha ir pro rebote, então foi erro nosso”.

Em relação à próxima partida, o atleta foi enfático: “o torcedor pode ter certeza que no segundo jogo da série isso vai ser diferente. A gente tem que começar mudando na defesa, pois se a gente consegue marcar bem, consegue atacar bem, como fizemos nos outros jogos dos playoffs. A gente sabe da qualidade da equipe do Flamengo, e nosso time entrou muito sem foco no jogo”, afirmou Lucas Dias.

O ala Marquinhos, do Flamengo, comentou sobre a boa atuação do time na vitória, estando à frente do placar desde o início da partida. “O Flamengo fez a partida ficar fácil. Na defesa foi monstruoso, obedeceu taticamente ao que o nosso treinador tinha falado no vestiário. O time teve muita raça e muita entrega, como tem que ser em uma final. A atuação do Olivinha foi fantástica, dificultou muito a vida do Lucas Dias, preenchendo os espaços, e tendo um ótimo aproveitamento no ataque e na defesa”.

Em relação ao próximo jogo, o ala rubro-negro afirma: “a gente tem que comemorar a vitória do primeiro jogo, mas já no dia seguinte, começar a se planejar para a segunda partida, em Franca. Nós temos que entrar com a mesma agressividade que entramos no primeiro jogo, neutralizando os jogadores deles, que hoje jogaram abaixo do que fizeram durante o campeonato. Nós temos que defender muito, brigar por cada bola, ser um ataque consciente, para conseguir a vitória fora de casa”.

Marquinhos comentou também sobre a importância do fator casa para a vitória. “A torcida do Flamengo é incrível, compareceu e nos apoiou muito, participando durante o jogo e sendo decisiva na vitória. No momento que o Franca chegava um pouco mais perto do placar, eles nos motivaram para que a gente correspondesse dentro de quadra”, finalizou Marquinhos.

O segundo jogo da série final será na próxima quinta feira, às 20 horas, no ginásio Pedrocão, na cidade de Franca.

Imagens: Ricardo Haleck

2 Replies to “Flamengo Larga na Frente no NBB”

  1. Parabéns a equipe pelo resultado. E a todos que fazem parte de evento.
    Parabéns Vanessa pelo seu trabalho sempre nos surpreendendo que continue assim 😍💋💋❤

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.