Acompanhando o Guia da Sapucaí publicado no dia de ontem, trazemos neste artigo tudo o que se precisa saber para assistir aos desfiles do São Paulo em 2019 sobre chegada, saída, setor e alimentação. Também dicas e informações importantes para quem irá desfilar.

Como chegar: O Pólo Cultural e Esportivo Grande Otelo, mais conhecido como Sambódromo do Anhembi, está localizado na Avenida Olavo Fontoura, 1209, por onde será a entrada dos desfilantes (portão principal), imprensa (portão H)  e para o público dos setores F, G e H.

Quem for assistir aos desfiles nos setores A, B, C, D e E entrará pela Marginal Tietê. Em relação aos camarotes, consulte em qual dos dois lados o seu está.

Para chegar até o local recomendo carros de aplicativo ou táxi, pois de carro você pagará caro nos estacionamento dos arredores (o do Anhembi Parque custa R$ 40).

Caso se utilize do transporte público, desembarque na estação Portuguesa-Tietê; o trajeto até o sambódromo então será de 1,2 km, aí você escolhe entre pedir um carro ou fazer o trecho a pé.

A SPTrans também disponibiliza no dias de desfile duas linhas especiais que custam R$ 4; na rodoviária do Tietê pegue a linha 179A-10 e na Barra Funda a linha 879A-10.

Quando estiver nos arredores do Anhembi, os carros não poderão passar pelas ruas próximas, então desça e caminhe até o seu portão. Os desfiles da sexta (1) começam às 23h15 e os do sábado (2) às 22h30; procure sair cedo de casa pois, acredite, o trânsito estará intenso.

Saída: Para sair é a mesma coisa, dirija-se até uma rua que não esteja interditada e peça o carro, caminhe até o metrô ou ao estacionamento onde estará seu veículo.

Não é permitida a entrada com: Armas, garrafas de vidro, garrafas plásticas, latas, fogos, bandeiras com mastro, substâncias tóxicas, caixas térmicas e guarda-chuvas.

Alimentação: Tudo o que for consumir terá de comprar lá dentro. Os serviços de alimentação estarão logo frente do portão de entrada; para comprar basta ir ao caixa, adquirir a ficha do que desejar e ir até o local do alimento ou bebida escolhido. No Anhembi vende-se pastel, cachorro quente, pizza, hambúrguer, cerveja, refrigerante, energético e café.

Banheiros: Os banheiros ficam no mesmo setor da alimentação, a dica é não ir assim que acaba um desfile, pois estará com filas – mas são rápidas.

Preservativos: Como em todos os anos, a Prefeitura de São Paulo realiza campanha contra a AIDS no carnaval e deixa à disposição, no andar de baixo de cada setor, diversos preservativos que podem ser adquiridos gratuitamente: basta pegar.

Compra de ingressos: Você pode adquirir os ingressos através do site https://www.ingressosligasp.com.br/ com a venda online de sexta se encerrando às 23h59 desta terça (19/02) e a de sábado no mesmo horário do dia seguinte.

Para comprar, basta criar sua conta, escolher dia, setor, tipo de ingresso (arquibancada, cadeira ou pista) e escolher entre pagar em boleto, crédito ou débito online.

No caso de compra na bilheteria do portão 1 do Anhembi, ela funciona de segunda a sexta das 12h às 20h e aos finais de semana das 10h às 18h. Leve seu RG e CPF originais para cadastro, pois os ingressos são nominais.

No caso de meia-entrada, tenha em mãos o RG ou habilitação e os documentos que a comprovem sendo estudantes (carteirinha de estudante dentro da validade), jovens até 25 de família de baixa renda (ID), professores (holerite do mês vigente) e pessoas com deficiência (cartão de benefício).

A compra da meia-entrada da bilheteria só poderá ser feita pelo titular do benefício.

No caso de crianças, até 5 anos não podem entrar, de 6 a 12 anos podem entrar acompanhadas dos pais e de 12 anos em diante acompanhadas de um maior de idade.

Setor para assistir: Você pode comprar ingressos para os setores de arquibancada (mais barato), cadeira de pista e mesa de pista (mais caro); ambos entram pelo portão do setor indicado, a diferença é que o público da arquibancada subirá as escadas e quem for para a pista passará por outro portão, tendo em mãos o ingresso.

Caso deseje escolher seu lugar na arquibancada chegue mais cedo; geralmente no sábado lota mais do que na sexta.

Mapa de setores do Anhembi

Dicas para desfilar: Para desfilar em São Paulo é muito tranquilo no dia, pois basta entrar pelo portão 1 na Avenida Olavo Fontoura, apresentar a identificação da escola e dirigir-se à sua ala na concentração (chegue no horário combinado pela sua escola).

Alguns ônibus passam em frente ao portão na madrugada. Você pode optar por eles ou ir embora da forma que desejar (por favor, não jogue adereços e pedaços da sua fantasia no chão). 

Caso tenha comprado ingresso para assistir os demais desfiles depois, basta sair do sambódromo pela dispersão e caminhar até o setor desejado por fora. O leitor pode ficar tranquilo que não demora muito. Fique atento ao setor: se for do A ao E você vai pela esquerda, caso seja do F ao H vire à direita.

Caso tenha mais alguma dúvida, deixe-a nos comentários abaixo e venha curtir o carnaval de São Paulo de pertinho.

Imagens: Arquivo Ouro de Tolo e Divulgação

5 Replies to “Guia Prático do Anhembi – Versão 2019”

  1. Caramba, até na Olimpíada podia entrar com ao menos um biscoito. Espero que as opções e qualidade dos lanches sejam melhores do que aqui no Rio, onde vejo turistas torrando dinheiro num cheeseburguer requentado e praticamente sem queijo…

  2. Apenas alguns adendos.
    Estive assistindo aos desfiles no Anhembi pela última vez em 2015.
    Naquela época…
    1- Havia ônibus e vans credenciados que levavam o público do Terminal Tietê até o sambódromo. As filas de embarque eram rápidas. O trajeto nem tanto…mas num dia de chuva ajudava.
    .
    2- Havia diversos avisos sobre o que não podia entrar, exatamente como o descrito no guia. Na hora mesmo, entrava quase tudo. Garrafas e guarda-chuvas não passavam de jeito nenhum! O que eu fazia? Leveva “sacolé de água”! Sim, água congelada em saquinhos não podiam barrar! O veto era para garrafa… Ou Mupy, tradicional suco de soja também vendido em saquinhos. Biscoitos diversos. Alguns amigos entravam tranquilamente com bolsas térmicas carregadas de salgadinhos. A dica é uma janta reforçada e caprichada na carne. Proteína demora a digerir, e segurava a noite toda.
    .
    3- Com todo o controle de entrada, Gaviões e Mancha Verde sempre passam com seus sinalizadores. Eles podem ser perigosos dependendo de onde você esteja na arquibancada.
    .
    4- O último degrau da parte inferior da arquibancada monumental é fabuloso! Ele é mais largo (1,5 m de largura), mais alto e coberto. É possível se deitar entre uma Escola e outra, e em caso de chuva, está-se protegido.
    .
    5- Dependendo da ala, há transporte da Escola, que fica sempre paralelo ao sambódromo pela Marginal Tietê. Eles possuem horários bem rígidos, pois o rodízio de uma Escola para outra é muito rápido, numa organização incrível.
    .
    Saudade de ir à São Paulo no carnaval.
    Fellipe Barroso

    1. Muito boas as suas observações Felipe. Realmente os sinalizadores entraram nos últimos anos, mas a liga e afirma que trabalha junto ao policiamento para que isso não aconteça mais; quantos aos ônibus não há transporte gratuito por parte da Prefeitura neste ano, pode acontecer por inciativa de alguma escola ou patrocinador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.