O Flamengo está de volta ao voleibol profissional feminino e busca voltar para a elite do esporte, após anos sem montar elenco para disputar as principais competições. Na quarta-feira passada, houve a apresentação das jogadoras, que irão disputar a Superliga B e o Carioca nessa temporada.

A equipe, que mescla jogadoras experientes com atletas da base, tem em seu plantel a capitã Nayara Félix. Com 27 anos, a ponteira de Jaborandi, São Paulo, terá a oportunidade de liderar a equipe, que já foi campeã da Superliga em 2001.

Nesse último grande título do Flamengo no vôlei, vencendo o Vasco na final, o time tinha como estrelas Leila e Virna, que dispensam comentários. Desde então, os esportes olímpicos sofreram uma grave crise na Gávea e foram perdendo investimentos. Nos últimos anos, com a gestão Bandeira de Mello e o fim dos déficits no futebol, houve um apelo para a retomada do time de vôlei feminino.

Com isso, houve a reestruturação das equipes de base, da infraestrutura e a formação esse ano do projeto profissional de vôlei. O objetivo principal da equipe é conquistar a Superliga B e voltar à elite do voleibol nacional.

Entre as atletas experientes da equipe, além de Nayara, podem ser destacadas a oposta Angélica Caboclo, as centrais Juliana Mello e Luiza Scher, a levantadora Rafaela Lima, a líbero Fernanda e a ponteira Natasha Valente. A equipe possui uma média de idade de 23 anos.

Nayara disputou sua última Superliga pelo Renata/Valinhos e já atuou por diversas equipes do vôlei nacional, como Rio do Sul, São Caetano, Bauru e Araraquara. Na apresentação do elenco, a ponteira conversou com a colunista do Golden Set e comentou sobre a preparação inicial do Flamengo, os campeonatos que serão disputados e a responsabilidade de ser capitã de uma equipe com uma torcida tão grande e apaixonada.

Ouro de Tolo: Nayara, como vem ocorrendo a preparação inicial da equipe?
Nayara Félix: Nós fizemos todos os exames e estamos tendo todo o respaldo possível. Todo mundo está bem fisicamente para começar o trabalho que já foi iniciado. As expectativas são as melhores possíveis. Sei que estamos em boas mãos.

Ouro de Tolo: Quais serão os principais campeonatos disputados pela equipe? Vocês irão treinar e jogar na Gávea?
Nayara Félix: Os dois principais campeonatos são a Superliga B e o Campeonato Carioca, mas ainda não temos o calendário. Nós vamos treinar aqui na Gávea. A princípio, nós também vamos jogar por aqui. Talvez a equipe tenha alguns amistosos antes dos campeonatos.

Ouro de Tolo: Como você está encarando a responsabilidade de ser capitã da equipe do Flamengo?
Nayara Félix: É uma responsabilidade que eu queria ter também. Está sendo muito prazeroso, uma coisa muito boa que me cativa e me estimula a dar mais, para passar um pouco do que eu sei para as mais novas e buscar o objetivo do grupo, que é trazer o título da Superliga B.

Ouro de Tolo: Nayara, para finalizar, qual o recado que você dá para a torcida rubro-negra?
Nayara Félix: É incrível. Eu já tive o prazer de saber o que é fazer parte dessa equipe e vestir essa camisa. Passando na rua a torcida apoia, vem junto mesmo. Eu só quero dizer que estou extremamente entregue a essa camisa e a esse time. Peço que venham torcer, que venham junto com a gente. Vai ser muito legal.

[related_posts limit=”3″]

32 Replies to “Nayara Félix: capitã do Fla na busca pela elite do vôlei”

  1. Que bom que o RJ está montando equipes pra Superliga. Apesar, de ser vascaína acho importante termos mais representantes nas competições.
    Ótima matéria.

  2. Boa Tarde!
    Muito feliz de saber que teremos mais uma grande equipe carioca.Mais uma Vez você Vanessa dando show.Pois com matérias esportivas sobre nosso voleibol.Parabéns pela belíssima matéria.Sempre nos mantendo informados sobre nosso voleibol.Parabéns a Equipe do Flamengo e que seja alcançado o objetivo. Como torcedora do fla estarei torcedor na liga B. Mas como torcedora do Rio na A nos encontramos. Nunca pense que seria possível não torcer pelo meu Fla. Mas no Voleibol sou Rio.

  3. Muito feliz com essa nova equipe que só vem somar e valorizar o nosso esporte. Parabéns ao Flamengo pelo grande passo e com certeza na próxima temporada estarão na elite do vôlei brasileiro.

  4. O meu sonho era poder torcer para o Flamengo numa SuperLiga. E agora voltamos com tudo, não conheço muito bem as jogadoras, mas tenho certeza que será um belo trabalho. Que venha a classificação para SuperLiga A. Ótima matéria, além do Futebol e Basquete, agora sonhando com o vôlei na elite, o Flamengo só tem a crescer nos esportes Olímpicos.
    Arrasou Vanessa 👏👏👏👏😘😘😘

  5. Parabéns Nayara! Joga mtoo!! E parabéns Flamengo pela iniciativa. Estaremos sempre na torcida por vcs guerreiras. Mto sucesso e vitórias sempre!!

  6. E foi uma ótima escolha p capitã pq além dos requisitos q sabemos q ela possui, ela tem sempre mto carisma junto à torcida por onde joga. E tbm puxa a torcida p jogo c sua garra, energia e vibração, por isso é sempre mto amada e querida por todos.
    Excelente matéria

  7. Não sabia que o vôlei profissional feminino estava sem time e tão mal assim.. Fico feliz em saber que depois dessa reestruturação dentro do Flamengo, voltaram os olhos para esse esporte olímpico. Mais um esporte para sermos consagrados! Ótimo matéria Vanessa Huback,obrigado por trazer essas informações aos amantes do esporte e à comunidade.

  8. Parabéns,parça!Mais um belo trabalho que você vem fazendo… Feliz por um clube tão grande e maravilhoso como Flamengo,poder voltar a brigar aí,é ter a chance de entrar para elite, superliga principal… Torcerei bravamente!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.