Categorizado | Orun Ayé

A história sendo feita

Lulavillar1

Escrevo essa coluna na madrugada de sexta para sábado. Esperei o máximo que pude para escrever esse artigo esperando uma definição, mas no momento em que escrevo não tem. Na verdade, no momento que vocês lerem, não mudará muito ele estar preso ou não. Não é um artigo sobre a prisão, mas sobre o todo.

Lula foi o grande assunto da semana no Brasil. Desde a votação no Supremo, passando pelo decreto de prisão até a não entrega. É assunto nas emissoras de TV, redes sociais e nas ruas. Qualquer local que se vá o assunto é o Lula. Assunto que desperta paixões e divide o Brasil.

Não vou entrar na discussão sobre seu caráter, se roubou ou não, se merece ser preso ou não. Já falei várias vezes sobre o assunto, muitos estão falando e a grande maioria sem conhecimento nenhum. Falarei do personagem e da história sendo feita.

Sim, a história está sendo feita diante de nossos olhos. Não sei como será contada nos livros de história, a favor ou contra Lula, mas isso pouco importa porque o como contar é cíclico, depende do sistema vigente e do comportamento da sociedade no momento. A sociedade de hoje é capaz de negar o holocausto, defender a canalha ditadura militar que tivemos e nem fica ruborizada com isso.

A história está sendo feita porque é a primeira prisão de um ex presidente desde a redemocratização, está sendo feita pela forma que vem sendo conduzida com a pressa de Sérgio Moro em decretar e a, pra mim, surpreendente resistência com um público enorme fazendo vigília.

Não esperava porque achei que Lula e o PT iriam querer ser discretos em um momento de humilhação como esse. Fui ingênuo, me enganei de forma burra porque evidente que com a derrota consumada Lula e o PT iriam querer essa exposição, transformar o ex-presidente em mártir e confesso que achei a estratégia espetacular.

O de esquerda concordará com o que irei escrever com empolgação, o de direita refutará, mas em seu íntimo me dará razão até porque seu ódio corrobora isso. A verdade é que Lula é gigantesco. Só um cara gigantesco é capaz de parar o país dessa forma e mobilizar como ele.

É muito simplista e ingênuo falar que Lula só recebeu todas essas acusações por ódio das elites e que ele é totalmente inocente. É muito simplista e ingênuo atribuir toda essa admiração e adoração a ele como cegueira quando muitos que pertencem a esse grupo estão entre as maiores cabeças pensantes do Brasil.

Lula já superou JK, é a maior figura política brasileira desde Getúlio Vargas sem nenhum competidor a altura nesse período. Mesmo com todas essas acusações e condenações seria eleito pela terceira vez presidente da República por seu tamanho e pelo achatamento de seus adversários.

Lula, bandido ou herói, é maior que todos os políticos atuais, maior que todos os ministros do STF, é maior que Sérgio Moro. Tão maior que Moro ficará conhecido como o juiz que prendeu Lula.

Queria ver juízes conhecidos também por prenderem Aécio Neves, José Serra. Geraldo Alckmin..Mas aí o ingênuo sou eu.

Lula será preso por ser condenado em segunda instância, mas só o tempo dirá se a história lhe absorverá.

Mas uma coisa garanto.

Nenhuma estrela brilhou como ele.

Twitter – @aloisiovillar

Facebook – Aloisio Villar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Visitas

Facebook