Categorizado | Jogando nas Onze

Temos um Campeonato?

PalCor

Quem acompanha os esportes americanos na ESPN sabe que quando um jogo que parecia decidido tem reação da equipe que está perdendo, surge de alguém da transmissão a expressão “temos um djoko”. Uma brincadeira com o nome do tenista Novak Djokovic e a palavra jogo.

Digo isso porque chegamos a um ponto do modorrento e medíocre Campeonato Brasileiro de 2017 em que fazemos a pergunta: Temos um campeonato?

O Brasileirão-2017 é medíocre não por culpa do Corinthians, pelo menos ele tinha nada a ver com isso no primeiro turno espetacular que fez. O melhor da história dos pontos corridos e que lhe deixou com toda justiça com “a mão na taça”.

Mas não sabemos se o próprio Corinthians acreditou nisso porque a equipe “virou o fio” no returno fazendo campanha de rebaixado. Não sabemos ao certo o motivo, se a equipe realmente acreditou que era a reencarnação da seleção húngara de 1954 e já se achou campeã ou se o brioso time do turno chegou ao seu limite na primeira etapa e não consegue mais jogar da mesma forma, no limite.

A verdade é que a campanha do turno foi muito acima do potencial do elenco e talvez essa campanha do returno seja mais real me fazendo assim acreditar que o motivo está nas duas hipóteses.

A questão é que mesmo assim ninguém se aproximava na luta pelo título e mesmo jogando nada e se equivalendo na mediocridade das demais equipes o time coritnhiano se aproximava do título, mas um fato novo ocorreu.

A demissão de Cuca, a efetivação de Alberto Valentim e as vitórias consecutivas do Palmeiras fazendo com que finalmente algum time pareça querer ser campeão;

É cedo ainda para dizer que temos uma disputa pelo título até porque a diferença ainda é grande, seis pontos, e o Palmeiras não enfrentou ainda nenhuma grande equipe nessa sequência vitoriosa. Tinha o Grêmio, mas esse botou os reservas pensando na Libertadores.

A favor do Palmeiras tem a queda da distância de quatorze para seis pontos em três rodadas e o fato de ainda existir o confronto direto. A favor do Corinthians a, ainda, boa vantagem e esse confronto ser no Itaquerão.

E no meio disso tudo ainda tem o Santos que também está seis pontos atrás do Corinthians. Vejo o time com menos chances por já ter jogado com o líder e ter um desempenho irregular, mas nada pode ser descartado.

A verdade é que esse mini campeonato paulista entre os três clubes pode dar um pouco de emoção para esse campeonato de dar sono, é o que esperamos.

A bola ainda está rolando.

Ou começou a rolar agora?

Twitter – @aloisiovillar

Facebook – Aloisio Villar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visitas

Facebook