Categorizado | Golden Set

Brasília, a sensação da Superliga Feminina

brasilia (1)

O time do Terracap/ Brasília foi formado em 2013 e esse ano está disputando sua quarta temporada na Superliga. Sob o comando do campeão olímpico Anderson Rodrigues, o time esse ano vem conseguindo resultados surpreendentes.

O time chegou a ficar algumas rodadas em segundo lugar na competição e terminou o primeiro turno na terceira posição com 23 pontos, atrás apenas do Rexona- SESC e do Vôlei Nestlé/ Osasco.

O destaque do time é o entrosamento, que proporcionou ao time vitórias contra o Vôlei Nestlé, o Camponesa/Minas e o Praia Clube, equipes mais tradicionais do voleibol brasileiro. O time sofreu apenas três derrotas, para Rexona- Sesc, Genter Bauru e uma inesperada derrota para o Rio do Sul.

A equipe, que chegou como coadjuvante, ganhou importância com esse primeiro turno excelente, tendo duas jogadoras na seleção do primeiro turno da Superliga: a levantadora Macris e a central Roberta.

O principal nome da equipe e capitã do time é a bicampeã olímpica Paula Pequeno, que já foi eleita duas vezes a melhor jogadora de vôlei do mundo (2005 e 2008).

Além disso, o time tem a excelente levantadora Macris, melhor do campeonato pelas estatísticas de levantamento do primeiro turno, e a experiente líbero Silvana dentre os nomes mais consagrados.

Nesse primeiro turno tiveram grande destaque a ponteira Amanda Campos e a central Roberta Silva, esta última sendo a quarta melhor no bloqueio e no saque.

Após a partida contra o Rexona-SESC, pela oitava rodada do primeiro turno, no dia 08/12, a equipe do Ouro de Tolo entrevistou a capitã Paula Pequeno. O jogo terminou em 3 x1 para o time carioca, com parciais de 25×22, 14×25, 25×21 e 25×23.

O time do Brasília chegou a estar vencendo boa parte do quarto set e quase levou o jogo para o tie brek. No entanto, no final do set o time cometeu muitos erros e o time do Rexona- SESC fechou a partida.

Paula comentou sobre os destaques do time do Brasília, que ficou em segundo até a oitava rodada. Para a jogadora, o sucesso da equipe veio do trabalho, da responsabilidade da equipe e da comissão técnica e do entrosamento das jogadoras.

Também afirmou que, apesar disso, o time tem muito a melhorar e está de parabéns apesar da derrota para o forte time do Rexona.

O objetivo do time é jogo após jogo, sendo cada jogo mais importante que as jogadoras têm pela frente. Questionada sobre a seleção brasileira, Paula garantiu que não pretende voltar a vestir a amarelinha, pois sua missão já foi cumprida, e que acha importante ocorrer a renovação para o próximo ciclo.

Quanto à renovação da seleção, ela diz que faz parte, que no início as novas jogadoras vão sofrer um pouco e depois vão amadurecer e formar uma equipe experiente com o tempo.

Depois de um bom tempo jogando fora, Paula voltou a jogar no Brasil em 2013, defendendo o Brasília desde então, time da sua cidade natal. Ela tem interesse em continuar na equipe até sua aposentadoria, caso o projeto da equipe continue nos próximos anos, pois é sua cidade natal e lá ela tem sua família e muitos projetos.

Imagens: Assessoria de Imprensa

21 Respostas para “Brasília, a sensação da Superliga Feminina”

  1. Luciana Amanda disse:

    Tá bem certinho mesmo esse Brasília, se continuar assim no returno vai dar mais trabalho ainda! Adorei a entrevista, Paula disse tudo, sofre-se um pouco no começo, depois amadurecem!

  2. Andressa Salça disse:

    Toooop,parça! Brasília vem comendo pelos cantos, e pode surpreender. Vamos aguardar! Beijos!

  3. Fátima Huback disse:

    Parabéns!! Ótimo texto, trazendo novidades de maneira bem clara, para quem ama o vôlei

  4. Rosana disse:

    Ótima entrevista, parabéns para à repórter.

  5. Marilaine disse:

    Brasília realmente veio com um time bom pra essa temporada,tem tudo pra chegar em uma ótima colocação no returno,Paula com toda sua experiência sem dúvidas está colaborando muito para esse resultado,assim como Macris.Parabéns pela matéria Huback.

  6. Igor Rabelo disse:

    Um time guerreiro! Vamos ver como vai se comportar no segundo turno!

  7. Luana Lopes disse:

    Muito bom Vanessa! Sempre nos mantendo informada sobre o mundo do vôlei.

  8. Rafael Costa disse:

    O Brasília vai dar trabalho em curto prazo.

  9. Joyce disse:

    Me orgulha muito ver você indo longe.te admiro demais,brilhante suas matérias

  10. Paulo Henrik disse:

    Espero q vença outra vez minas/praia/Osasco kkk esse time ainda vai dar mais o q falar.
    Van parabéns mais uma vez.

  11. Vera Moura disse:

    Muito boa a matéria. Parabéns pelo seu empenho bjks

  12. Rafaela Corrêa disse:

    Vanessa cada matéria um show!!!
    Parabéns

  13. Alice Frizza disse:

    Muito obrigada pelas informaçoes. Belo trabalho. Texto super interessante e acertivo.

  14. Cassius disse:

    Muito bem! Especialista mesmo! Te cuida, Migão; em breve Vanessa vai pro SporTV.

  15. Veronica Correia de lira disse:

    Mt bom texto! Parabéns

  16. Katia Moura disse:

    Superando cada vez mais seus limites! Parabéns pela matéria! !!

  17. Daniele Souza disse:

    Realmente o time do Brasília ta bem entrosado. Ta dando gosto de ver jogar. Boa entrevista com a Paula, parabéns Vanessa!

  18. Anna Luiza Oliveira disse:

    Aguardo ainda mais boas surpresas do Brasília – essa equipe tem tudo para ser destaque. Se continuarem nesse entrosamento não tem erro. Ansiosa pelos próximos jogos.

  19. Paulo Mattoso disse:

    Ótima entrevista Vanessa, está de parabéns!! Os amantes do vôlei agradecem pelos textos.

  20. Marco Abreu disse:

    Parabéns pela matéria Vanessa, entrevista muito esclarecedora. Forte Abraços !!!

  21. Parabéns Vanessa… mais uma excelente matéria.

Trackbacks/Pingbacks


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visitas

Facebook