Leio que o Flamengo finalmente acertou com a Olympikus para ser sua fornecedora de material esportivo – e, por um período de três meses, também patrocinadora principal da camisa.

A negociação foi bem a cara do que é a diretoria do clube. Passo a palavra ao amigo Affonso Romero, que é especialista em marketing e que já fez parte do Planejamento do clube:

“Agora, que acabou o contrato com a Nike, ficou tão mais simples, não?

Por que não fizeram assim desde o começo? Teriam poupado a imagem do Flamengo e os custos da briga judicial que se arrastou por um ano e deu em nada. Quem vai pagar por isso?

Lembram que eu disse que nenhum juiz do mundo daria a causa para o Flamengo?

Agora, vão torrar o dinheiro em um mês, fazendo dívida por conta do contrato até 2014. Daí, enquanto as relações com a OLK estiverem boas – e isso durará um ano, se continuarem administrando relações do jeito que fazem – nós vamos pedindo adiantamentos do contrato de 2015, 2016, 2017…

Quando a fonte secar, teremos mais um rompante e rasgaremos o contrato com a OLK (mais ou menos em 2012) e assinaremos com a Puma até 2034. Mas etermos que esperar o fim do contrato, porque nenhum juiz vai dar ganho de causa contra a OLK e…

O pior de tudo é que qualquer empresa que o Flamengo procure para uma parceria (seja patrocinador, apoiador, permutador etc. etc.) sabe que está negociando com picaretas.”

Eu acrescento: toda e qualquer negociação do clube só ocorre se a empresa procurar o Flamengo. Outra coisa que queria ressaltar é que, se o clube tivesse um mínimo do que se chama “gerenciamento de contratos”, teria rescindido facilmente o contrato com a Nike. Mas como controles internos não são o forte daquilo lá…
P.S. – A figura é só ilustrativa, não serão esses os uniformes. Mas sou a favor de o clube ter um uniforme azul e ouro, que são as nossas cores originais.

P.S.2 – Em tempo: duvido que o tal museu saia mesmo. E, se sair, vai ser igual a obra pública.

7 Replies to “Olympikus no Flamengo”

  1. AE Migão…essa sessão “fala, torcedor” é sensacional…2034? rsrsrs
    E depois não querem CPI na Petrobrás…
    .
    Aliás, falando em samba no post abaixo, aquela música, que ouço muito na voz de Marisa Monte que diz mais ou menos assim:Ela mora no mar, ela vive (?) na areia, no balanço das ondas, a paz ela semeia…
    .
    É considerada samba? Se for, e se puder Migão, poste aí a letra e a música. Não por mim, que já tenho, mas vale como sugestão.

    beijos

    . p.s – não sabia que a cor de origem do Fla não era rubro-negra.

  2. Talita, é um samba de enredo sim, inclusive foi reeditado neste ano de 2009 pelo Império Serrano. Mais tarde posto a letra e coloco o link para download do samba.

    O problema do “torcedor” em questão é que ele trabalhou no clube e conhece as coisas de lá… a Petrobras não tem nada a ver com esta história.

Comments are closed.