Categorizado | Cafofo da Zonaide

Salvem Jorge

SJorgeZONAIDE

Gentééé eu acordei segunda com um barulhão!!

Morador do Rio de Janeiro ouve rajada e já pensa que é tiroteio. Eu dei um pulo da cama me enfiando debaixo dela e gritei para Cabo Jorge se proteger quando de forma carinhosa ele respondeu “Bicha burra, isso é para São Jorge!!”.

Levantei, fui na janela e perguntei se não era falta de educação acordar o Santo tão cedo com foguetório. Ele se arrumou, me deu um beijo na testa e mandou que eu respeitasse a religião. Enquanto eu falava que não desrespeitava religião nenhuma notei que estava cheiroso e perguntei onde ia. Cabo Jorge botou o óculos escuros, guardou um protetor solar na pochete e disse que tinha sido convocado para fazer uma intervenção em uma feijoada do clube do exército.

Ele saiu e fiquei pensando naquilo tudo. Pra que aquele barulho todo Senhor? São Jorge é surdo por acaso? Eu fico imaginando o pobre Santo descansando e de repente ser acordado com um foguetório. Eu queria entender porque religiões adoram um barulho, uma gritaria. É foguetório pro Santo, é igreja evangélica onde pastor e fiéis só se comunicam com gritos…Aí você vê os monges, os budistas e tudo calmo, tudo em silêncio..Se formos observar que aqueles carequinhas simpáticos passam uma grande paz e as pessoas dos países orientais são as que vivem mais acho que a calma traz mais efeito que gritaria.

Por falar em gritaria..Intervenção em feijoada? Agora que me toquei!! Esse cretino me paga!! Salvem Jorge que ele vai precisar!!

(Na foto ao lado finalmente vemos um tucano preso provando que a lei é para todos)

SUGESTÃO DO CAFOFO

Carnaval 2019

Hoje não irei convidar para o cantinho do cafofo, darei sugestões para as escolas de samba do carnaval carioca depois do Império Serrano decidir usar música do Gonzaguinha em seu desfile.

Beija-Flor – Meu guri (Sofrido como a escola gosta)

União da Ilha – É hoje (Muita gente pensa que é da Fernanda Abreu mesmo)

Grande Rio – Vai malandra (Por motivos de carnaval 2018)

Tuiuti – Pra não dizer que não falei das flores (Depois a escola abandona o carnaval e foge pro Araguaia refundando a guerrilha)

Viradouro – Thriller (O ápice da carreira de Paulo Barros)

Portela – Algum sucesso do Asa de Águia que no momento não lembro.

Imperatriz – Praia de Ramos do Dicró.

Mocidade – A música do É o Tchan que mistura o Brasil com o Egito continuando sua saga internacional,

Salgueiro – Tente outra vez de Raul Seixas, uma hora vai..

Mangueira – Pastor trambiqueiro – Bezerra da Silva

Tijuca – Faroeste caboclo (Pro Laíla ensaiar a comunidade tijucana cinco vezes por semana obrigando a decorar a música)

São Cemente – Fera ferida

Vila Isabel – Alguma música que o André Diniz tenha feito

Nem precisam agradecer.. Quer dizer, o cafofo aceita uma credencial pro carnaval sem ter a vergonha de ser feliz.

FRASE DA SEMANA

“E nessa loucura de dizer que não te quero, tô negando as aparências, disfarçando as evidências” (Donald Trump e Kim Jong-Un)

*Zonaide Spencer é jornalista, travesti, não é São Jorge, mas já encarou muitos dragões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visitas

Facebook