Deprecated: get_the_author_ID está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use get_the_author_meta('ID') em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Os versos de Chico Buarque são o que melhor expressam o dia de ontem na quadra da Portela. Foi um dia longo, cansativo, mas definitivamente recompensador, com a vitória da chapa Portela Verdade, do candidato a Presidente Serginho Procópio. Esta vitória deu fim a um mandarinato de nove anos de desmandos e descasos do ex-Presidente (como é bom escrever isso) Nilo Figueiredo.

Foi um resultado muito apertado: 154 a 151 dados à chapa do ex-presidente, números abaixo de nossa projeção. Oito nulos e 319 votantes. Entretanto há que se levar em conta que o ex-Presidente colocou no quadro de sócios muitas pessoas sem qualquer relação com a Águia, e mais incrivelmente como beneméritas. A ponto da própria filha, uma garota que não deve ter 30 anos, ser benemérita da Portela, enquanto que próceres como Paulinho da Viola, Zeca Pagodinho e Tereza Cristina, por exemplo, não são.

20130519_072434Cheguei ao Comitê eleitoral, que fica a 100 metros da quadra, por volta de 07:15 da manhã. Havia esta necessidade pois a eleição era dividida em três partes: na primeira se elegeria o Presidente da Assembléia Eleitoral, que comandaria o processo das eleições. Depois a eleição propriamente dita, onde se vota nas chapas dos Conselhos Deliberativo e Fiscal. Na terceira empossam-se os Conselhos Eleitos e o Deliberativo elege o Presidente e o Vice Executivos.

Havia um café da manhã para os sócios e apoiadores da chapa e nos dirigimos à quadra por volta de 8 horas, horário da primeira convocação. Após certa demora entramos, assinamos a lista de presença na assembléia e após as nove horas fez-se a primeira votação. Ganhamos por 84 a 49 (números extra-oficiais) e assim conquistamos o direito de controlar a mesa eleitoral, indicando presidente e mesários.

Antes disso vale ressaltar um princípio de confusão causado por um sócio que xingou o grande Monarco e os candidatos da chapa de “babacas”, além de tentar acertar com uma muleta o candidato a Vice Presidente Marcos Falcon. Recebeu uma resposta ácida de Monarco: “Deus sabe quem aleija”. Além de uma porrada do então presidente Nilo Figueiredo.

20130519_092739Vale ressaltar que este foi o único incidente mais grave de um pleito muito tranquilo. Deu tempo até de tirar foto com a maior porta bandeira da história, Vilma Nascimento (acima), que também apoiava a nossa chapa.

A votação em si se iniciou apenas um pouco antes do meio dia, devido ao atraso na primeira assembléia. O sócio apresentava a carteirinha, assinava a lista, recebia a cédula e o envelope, ia à cabine votar e depositava na urna. No início formou-se uma longa fila, mas após as 14 horas o processo tornou-se bem mais rápido.

Votei por volta deste horário, fui almoçar e na volta, junto com outros sócios, me dediquei a receber os que chegavam a fim de fiscalizar o assédio ostensivo e intimidador dos componentes da outra chapa. Recebíamos o sócio e além de encaminhá-lo ao local de votação avisávamos Serginho Procópio ou Marcos Falcon para que fizessem a última boca de urna. Tenho a impressão de que este trabalho em equipe acabou salvando alguns votinhos preciosos.

20130519_121500A eleição se encerrou às 20 horas, com 319 votos depositados. Havia a expectativa de que o Prefeito Eduardo Paes e mais alguns políticos aparecessem para votar, mas apesar dos anúncios não se fizeram presentes.

A urna foi levada para uma sala fechada, onde seria feita a apuração. Participaram apenas o Presidente da Assembléia, os escrutinadores, os fiscais e os candidatos de cada chapa. Como somente sócios podiam estar presentes e após às 18 horas a entrada de ninguém que não fosse a imprensa foi permitida, haviam cerca de 100 pessoas acompanhando a apuração, entre componentes de ambas as chapas e a imprensa. Aliás, queria registrar meu agradecimento à repórter Roberta (infelizmente, não anotei o sobrenome) do jornal Extra, que nos forneceu algumas informações.

Aguardamos por cerca de uma hora e meia, em ambiente de grande tensão. Nilo Figueiredo saía da sala, entrava, Marcos Falcon fez o mesmo, voltou, o filho de Nilo, candidato a vice na outra chapa, também saiu e voltou… A demora para a divulgação do resultado estava ficando excessiva – depois saberíamos o porquê: houve recontagem de votos.

20130519_191953Até que por volta das 21:40 foi divulgado o resultado final. Leitores: foi uma catarse que fica até difícil descrever em palavras. Abraços, gritos, choro, alívio depois de toda a angústia, felicidade por finalmente libertar a Portela do jugo de seu mandatário… Foi uma euforia tão grande que até eu, que sou uma pessoa de emoções contidas, saí correndo, socando o ar e me ajoelhando no chão da quadra – em cena devidamente registrada pelo programa “RJ-TV” da Rede Globo…

As duas mil pessoas que estavam fora da quadra puderam entrar e fazer uma festa junto conosco que vai demorar uns 100 anos para que me esqueça. Eu fico me perguntando o que ocorreria se a chapa do atual presidente fosse a vencedora, pois 99% das pessoas que lotavam a Rua Clara Nunes eram apoiadoras da nossa chapa.

Enquanto a bateria começava a tocar – parecia comemoração de título – subimos para o terceiro ato do dia: tomar posse em nossos mandatos e eleger – no caso o Deliberativo – o presidente e vice executivos.

20130519_221449Repare o leitor na foto acima, registro da reunião. Temos Serginho, Osni (filho de Natal), Áurea Maria (filha de Manacéa), Tia Surica e Vilma Nascimento, apenas para citar quem está enquadrado na foto. Para mim, um simples portelense, era um privilégio e um momento mágico estar junto àquelas pessoas. Foi muita, mas muita emoção para mim, um daqueles momentos mágicos que a vida nos reserva de tempos em tempos.

Apenas para registrar, Pedro Farias foi eleito Presidente do Conselho Deliberativo da Portela e Fábio Pavão, secretário do mesmo. Ambos por aclamação – assim como Serginho e Marcos Falcon.

Os três falaram, fizemos uma oração e finalmente encerrou-se um dia onde todos nós fizemos história. Um grupo de portelenses cujo núcleo base vem se juntando há dois anos, jogando nas regras da democracia feitas para a perpetuação do poder, conseguiu fazer história. Há muito o que ser feito, o trabalho está só começando, mas fizemos história.

Por meu turno, se inicia um período de (pelo menos) três anos onde escreverei uma nota de pé de página como membro efetivo do Conselho Fiscal da agremiação. É uma função consultiva, mas de vital importância a partir do momento em que as contas e a gestão da Portela precisam ser refeitas, com todo um modelo de gestão a ser estabelecido. Também irei auxiliar neste início na elaboração do orçamento anual, até por ser uma atividade que desenvolvo em meu trabalho. Fico feliz de poder dar uma modesta contribuição.

20130519_075446Os tempos mostrados na foto acima acabaram. Será uma gestão de portelenses, para portelenses, e pautada pela honestidade e transparência. Profissionais onde tem de haver profissionais, um novo modelo de gestão que será implantado e, mais do que nunca, acabaram os tempos onde éramos chacota e frequentadores das páginas policiais.

Estou feliz.

18 Replies to “Foi bonita a festa, pá…”

  1. Parabéns pela excelente reportagem sobre a eleição, e pela brilhante participação para que uma nova história se desenhe na nossa amada Portela. Boa sorte e contem conosco.

  2. Maravilhoso texto!
    Muito orgulhoso do trabalho que foi feito. Agora fica a esperança e certeza de voltarmos a ser respeitados.
    Avante Portela!

  3. Parabéns não só pela vitória da Portela na Portela como sua vitória pessoal. A verdade foi restabelecida na agremiação e com ela as vitórias também serão

  4. Parabéns pela reportagem, pela batalha, pela vitória… Sucesso nesse novo caminho e que a Portela volte a ser aquela Portela de muitos títulos.

      1. Estamos na torcida. Queremos ver uma verdadeira PORTELA para os PORTELENSES. Sem vaidades ou interesses pessoais no primeiro plano.

        O Grupo que se formou é lotado de gente que ama a Escola e que QUER FAZER por ela.

        Vá nos atualizando, Migão!!!

  5. Parabéns, Migão!

    Agora é hora de muito trabalho para essa chapa vencedora…

    E que, por favor, HONREM O NOME DA PORTELA!!!!

Comments are closed.