Deprecated: get_the_author_ID está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use get_the_author_meta('ID') em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

O leitor deste blog sabe que o Flamengo este ano de 2012 somente tem me trazido desgosto. É mico atrás de mico, bagunça atrás de bagunça, vexame atrás de vexame e agora um mês de férias até o início do Brasileiro. Como dizia aquele ministro da ditadura, “nada a declarar”.

Mas até que minhas “paixões alternativas” vem me trazendo algum alento. O Giants foi campeão da NFL e o Knicks no momento em que escrevo está classificado para os playoffs da NBA. Mas quero falar hoje de outra simpatia alternativa que vem me trazendo alegrias: o Reading Football Clube, da Inglaterra.

Clube da cidade de mesmo nome, a pouco mais de 60 quilômetros de Londres e que hoje se notabiliza por ser um centro universitário, de seguros e da indústria de informática (uma espécie de “Vale do Silício” inglesa), o azul e branco britânico esta última semana conquistou não somente o direito de retornar à Premier League para a temporada 2012/13 como ainda obteve o título da Championship, a Segundona inglesa.

O clube foi fundado em 1871 e passou por duas fusões antes de adotar seu nome atual, em 1877 e em 1889. Passou a jogar no profissionalismo em 1920 e até 2006 jamais havia jogado na Primeira Divisão, a Premier League.

O nome da cidade e consequentemente do clube não tem nada a ver com leitura, apesar de Reading ser um dos centros universitários do Reino Unido. O nome vem de “Reada Ingas”, povo de Reada em português – Reada foi um chefe saxão do Século VIII.

As listras azuis e brancas do uniforme formam uma combinação bastante incomum em uniformes esportivos de futebol: o formato horizontal já é raro, ainda mais nesta cor. E foi justamente o uniforme que me aproximou da equipe, no ano em que disputava a Premier League da vez anterior.

As cores do uniforme eram idênticas às utilizadas pelo meu (hoje extinto) time no jogo online Hattrick, o Migão Clube. Como azul e branco nesta configuração é algo muito raro, me chamou a atenção – e passei a ter simpatia pelo clube.
Naquela temporada (2007/08) consegui que uma brasileira a quem havia prestado um favor aqui no Rio de Janeiro (arrumar uma vaga em uma escola de samba para ela e um grupo) me trouxesse uma camisa do clube daquela temporada (foto, da época, no final deste post). Talvez seja um dos únicos brasileiros a ter uma camisa do Reading  – pronuncia-se Réding – aqui. Neste ano de 2012 encomendei outra camisa mas ela simplesmente se extraviou nos Correios, apesar de estar paga há muito tempo…
Aquela mesma temporada teve um final trágico, com o rebaixamento na última rodada na diferença do saldo de gols. Com isso o clube esteve de lá para cá na Segundona inglesa, denominada “Championship”, que tem uma fórmula de disputa bastante peculiar: as 24 equipes jogam em turno e returno. Ao final os dois primeiros são promovidos e os clubes classificados do terceiro ao sexto lugar disputam um playoff para determinar o terceiro clube a subir para a Premier League, a primeira divisão.
Ano passado o clube “bateu na trave”: após uma sensacional reação na segunda metade da temporada terminou em quinto no campeonato e perdeu a chance de subir após perder por 4 a 2 para o Swansea na final do playoff – com 86 mil pessoas em Wembley e uma arbitragem muito contestada.

Na temporada passada passei a acompanhar os jogos da equipe praticamente em tempo real pelo Twitter oficial. O clube tem uma estrutura de dar inveja a qualquer time brasileiro, o que pode ser visto pelo Madejski Stadium, que foi construído em 1998 e tem capacidade para 24 mil pagantes – antes, o time jogou durante um século no Elm Park.

Para o leitor acostumado com a bagunça do futebol brasileiro ter uma ideia, o carnê de ingressos para a próxima temporada custará aproximadamente R$ 1,3 mil nos melhores lugares do estádio, e R$ 1,1 mil nos demais – para todos os jogos. Isso quando sequer a temporada atual se encerrou.

Na temporada atual o time teve uma arrancada espetacular, com 22 vitórias nos 27 jogos finais (de um total de 46) e pulando da décima quarta colocação para o título. A promoção à Premier League veio na terça feira retrasada, com a vitória de 1 a 0 sobre o Nottingham Forest (dois primeiros vídeos). Note o leitor a invasão de campo pelo público a fim de comemorar a promoção. Nos dois vídeos seguintes, gravados na vitória fora de casa sobre o Brighton, temos a torcida e a sua música tema, “We´re going up”.

No sábado último, apesar do empate de 2 a 2 com o Bristol City o clube conquistou o título devido à derrota do Southampton por 2 a 1 para o Middlesbrough, alcançando 89 pontos e quatro de vantagem a uma rodada do fim.

Vamos aguardar a preparação para a vida na Premier League. O time precisa se reforçar se quiser manter-se na elite do futebol inglês. Mas pelo menos neste momento é fonte de alegrias para este blogueiro tão maltratado pelo Flamengo….

Para saber mais:

Site Oficial;
Twitter;