Deprecated: get_the_author_ID está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use get_the_author_meta('ID') em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Primeiramente: Fora, Temer! (Estamos quase lá, aleluia).

Segundamente: Vasco.

Terceiramente: Peço desculpas aos leitores pelo tempo que passei afastada. Estava estudando para fazer prova de mestrado e a última coisa que eu conseguia fazer era pegar o computador para ler/escrever coisas além dos artigos que eu estudava, os quais me deixaram bastante saturada.

Enfim, muita coisa aconteceu desde meu último texto por aqui. O Corinthians foi campeão, para alegria geral dessa Nação tão maltratada, está em processo a regularização do trabalho escravo, a Anitta lançou outro feat internacional, o Flamengo foi eliminado na primeira fase da Libertadores (peço desculpas ao editor chefe pela amarga lembrança) e enquanto o país ta pegando fogo, a internet se encheu de memes.

Enfim, coisas que só acontecem no Brasil. Outra coisa que está acontecendo desde abril e tem previsão para acabar nessa sexta-feira é a vacinação contra a gripe. Você já foi? Tem medo dos efeitos colaterais? Não sabe se tem direito?

Então vamos lá.

A meta do governo estava em 54 milhões de pessoas vacinadas. Confesso que não sei dos números atingidos em nível nacional, mas sei que em alguns Estados, como Santa Catarina, o número de pessoas vacinadas contra o vírus da influenza está abaixo do esperado. Muitas podem ser as razões pelas quais isso acontece; entre estas está as que eu citei acima: medo e falta de informação.

É preciso deixar bem claro que o público-alvo da campanha é formado por pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada (o que é uma ótima novidade, já que estes profissionais têm contato com um grande público),  povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional.

Portadores de doenças crônicas não transmissíveis, que inclui pessoas com deficiências específicas, também devem se vacinar. Se você está incluso em algum desses grupos, procure o posto de saúde mais próxima, não deixe para última hora.

Mas, se você ainda não foi ao posto por medo dos possíveis efeitos colaterais, atente-se para este parágrafo. A vacina da gripe é feita com o vírus morto. Quando em vida, o vírus é capaz de sofrer diversas mutações e ter muitas variantes, as quais chamamos de cepas.

Por isso, se você foi infectado pela gripe, seu corpo irá criar anticorpos para uma determinada cepa do vírus. Porém, em um ano, dois, o vírus já sofreu diversas mutações e você pode ser infectado novamente por uma cepa pela qual seu corpo não possuí defesa. Portanto, é muito importante se vacinar em todas as campanhas.

A principal contraindicação à vacinação contra a gripe é a alergia ao ovo. Como o preparo da vacina utiliza ovos de galinha, as pessoas alérgicas podem desenvolver reações. Se você for alérgico a ovo não tome a vacina da gripe sem orientação médica.

O principal efeito colateral já descrito para a vacina da gripe é inflamação no local da injeção. Outros efeitos adversos que podem ocorrer, mas são incomuns e geralmente de curta duração, incluem: dor de cabeça, febre, náuseas, tosse, irritação no olhos e dor muscular.

Bom, eu espero ter ajudado vocês a esclarecer um pouco as dúvidas a respeito desse assunto. Se você se incluí no público-alvo, não deixe de tomar, pois apesar se ser uma infecção aparentemente inofensiva, é altamente contagiosa e pode oferecer riscos à crianças recém-nascidas e idosos.

Imagens: Reprodução

[related_posts limit=”3″]