Nesta terça-feira, o Vôlei Nestlé deu um importante passo rumo à final da Superliga. O time comandado por Luizomar de Moura venceu a segunda partida da semifinal contra o Dentil/Praia Clube por 3 sets a 0 (25/19, 25/22 e 25/22), fora de casa.

Na série melhor de cinco, basta mais uma vitória para o time de Osasco ir para mais uma final de Superliga. O time de Uberlândia vem oscilando muito ao longo da temporada e apresentando grande inconsistência nos momentos decisivos, estando aquém do Praia Clube da temporada passada. O desfalque da bicampeã olímpica Fabiana também vem afetando o rendimento da equipe nessas últimas partidas. O próximo jogo entre as duas equipes será na próxima sexta-feira, às 19h, no José Liberatti (Osasco).

O time do Vôlei Nestlé teve uma grande mudança no elenco em relação à última temporada, apesar de manter alguns nomes conhecidos como a levantadora Dani Lins e a líbero Camila Brait. Foram contratadas as campeãs olímpicas Tandara e Carolina Albuquerque, as sérvias Malesevic e Bjelica, a oposta revelação Paula Borgo e as centrais Bia e Natália Martins.

O blog Ouro de Tolo entrevistou as jogadoras Camila Brait, Tandara e Natália Martins do Vôlei Nestlé, após o segundo jogo das quartas de final contra o Fluminense, no Rio de Janeiro. Essa partida, vencida pelo time de Osasco por 3 sets a 0 (25/20, 25/14 e 25/13), garantiu a classificação da equipe para a semifinal contra o Dentil/ Praia Clube.

Seguem abaixo a entrevista com a central Natália Martins e o vídeo com as entrevistas da ponteira Tandara e da líbero Camila Brait.

OT: Natália, o que você pode comentar a respeito da vitória de hoje sobre o Fluminense?
Natália Martins: O nosso time estava bastante concentrado e conseguiu fazer tudo o que foi pedido pelo técnico, tendo poucos erros. O nosso time conseguiu imprimir um forte ritmo de jogo, obedecer taticamente, fez um bom jogo e graças a Deus tudo deu certo.

OT: O que você espera dessa partida entre o Praia Clube e o Brasília?
Natália Martins: Agora temos que aguardar o nosso adversário, vamos ter um bom tempo de preparação e estudar bem o nosso adversário para enfrentá-lo nessa semifinal.

OT: Como você acha que o entrosamento do time nessa temporada contribuiu para uma vitória tão significativa contra o Fluminense, nesse segundo jogo das quartas de final?
Natália Martins: A concentração do time foi fundamental para minimizar os erros do time, pois o time do Fluminense é um time muito guerreiro, que não desiste. O time conseguiu se impor no jogo.

OT: Como foi para você ganhar o troféu Viva Vôlei (melhor jogadora da partida)?
Natália Martins: Esse troféu faz parte do time também, pois é fruto de um trabalho coletivo. As meninas se dedicaram muito em quadra e estou muito feliz por ter conseguido ajudar o time a conseguir essa vitória.

[related_posts limit=”3″]

18 Replies to “Vôlei Nestlé a um passo da final da Superliga feminina”

  1. Osasco quase lá, uma pena que o Praia esteja tendo um rendimento abaixo do esperado para essa temporada.Já o Flu cumpriu bem o seu papel.

  2. Osasco praticamente garantindo, praia ta mto abaixo do esperado q pena uma campanha boa do praia q vai caindo.
    Vanessa parabéns pela matéria!

  3. Valeu Vanessa , mais uma bela matéria .
    E osasco vai roer o osso somente na final , pois iremos passar pelo Minas . E pra ser campeão terar que tirar nosso 12▪ título .

  4. Osasco como sempre quase lá, gostaria MT do praia na final. Ótima matéria Vanessa parabéns

  5. Matéria show. Osasco cresceu muito, o Rio vai ter dor de cabeça para vencê-lo na final. Mas ainda assim vai da Rio hahahahahaha 👏👏👏👏

  6. Amei a matéria, principalmente c a Tandara, que tá fazendo a diferença…
    Graças a ela o time tá na semi!!

  7. Parabéns pela a matéria Vanessa muito boa a matéria mesmo, e parabéns as meninas do Osasco…👏👏👏

Comments are closed.