Deprecated: get_the_author_ID está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use get_the_author_meta('ID') em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Como não falar em Ágatha sem lembrar a medalha de prata conquistada por ela e a Bárbara nas Olimpíadas do Rio? Foi uma grata surpresa para o Brasil, pois a dupla não estava entre as favoritas, e teve que vencer a tricampeã olímpica Kerri Walsh para chegar à final, perdendo a final para a dupla alemã Ludwig e Walkenhorst.

Na mesma semana da prata olímpica, no entanto, a dupla foi desfeita por Bárbara, que já tinha um novo projeto em mente. Coube à Ágatha, então, a busca por uma nova parceira para o próximo ciclo olímpico, já que não pretendia parar de jogar no auge da sua carreira.

Entre setembro e dezembro de 2016, Ágatha formou dupla com Carol Solberg, que estava buscando uma parceira para voltar a ter ritmo após ter tido um bebê. Mas a sua nova dupla nesse próximo ciclo é Duda, que começou a atuar com Ágatha a partir de janeiro desse ano.

A dupla sagrou-se campeã logo na primeira competição, na etapa de João Pessoa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, ao ganhar da dupla favorita, formada por Larissa e Talita. Início mais que promissor. Duda tem 18 anos, mas já é campeã mundial sub-21, tricampeã mundial sub-19 e campeã mundial da juventude.

Nesse domingo, Ágatha e Duda participaram do evento Gigantes da Praia, jogando contra as jovens brasileiras Ana Patrícia e Rebecca. Ganharam por 2 sets a 0, parciais de 21/17 e 21/19. Após a partida, os brasileiros campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt enfrentaram os norte-americanos Lucena e Dalhausser e perderam por 2 sets a 0 (21/17 e 21/18). No entanto, Alison considerou o saldo positivo de voltar a jogar no Rio depois das Olimpíadas, além de estar iniciando agora o trabalho da dupla, estando apenas na terceira semana dessa temporada.

Ágatha conversou com a equipe do blog após o jogo, e nos contou um pouco da nova dupla e da emoção de voltar a jogar no Rio novamente. Confira alguns trechos da entrevista abaixo:

OT: Ágatha, como foi voltar ao Rio seis meses após ganhar a prata olímpica?

Ágatha Rippel: Foi uma delícia. Estar no parque olímpico me lembra muito da experiência olímpica, na qual ganhei a prata, que valeu muito.

OT: Como você avalia o início da sua nova dupla, ao lado da jovem Duda?

Ágatha Rippel: Foi um início maravilhoso. Rolou muita química e entrosamento entre nós duas e a Duda é uma menina muito talentosa.

A entrevista completa pode ser conferida no vídeo abaixo:

Imagens: Alexandre Loureiro (Inova Foto)

[related_posts limit=”3″]

30 Replies to “Ágatha: a força do Brasil no vôlei de praia feminino”

  1. Torcendo muito por esse dupla! Uma pode acrescentar muito uma a outra. Talento e juventude + talento e experiência!

  2. Vanessa, parabéns pela matéria!
    Confesso que havia ficado um pouco chateado com o fim da dupla Ágatha e Barbara Seixas. Tive o privilégio de acompanhá-las “in loco” na Rio 2016 contra as “hermanas” Gallay e Klug e senti uma vibração muito bacana entre elas. Passo longe de ser um especialista, mas algo me dizia que elas iriam longe! E realmente só pararam nas “imparáveis” Ludwig e Walkenhorst!
    Porém veio um alento com a chegada da Duda pra compor a dupla com Ágatha. Uma energia totalmente renovada nessa dupla pode sim conduzi-las a ambições maiores, essa é a minha torcida (Diga-se que torço muito para a dupla Barbara e Fernanda Berti também, mas não tenho a mesma expectativa).
    Enfim, o nosso vôlei de praia continua muito bem e como sempre, no caminho de mais pódios! Quantoao Alison e B.Schmidt, na minha opinião se nada diferente ocorrer tem tudo pra chegar lá de novo e porque não, se tornarem uma verdadeira referência para o esporte!

    Vanessa, você é outra novidade espetacular! To extremamente admirado com o seu talento!! Continua assim, nos alimentando de informações preciosas sobre o que a gente mais curte: o nosdo esporte!

    Um bj pra vc!!

  3. Agatha,belo retorno e somando forças com Duda já podemos realimentar esperanças olímpicas. ..e pra você, Vanessa, os meus contínuos parabens.

  4. Ótima matéria. Que seja um sucesso essa nova dupla Agatha x Duda.
    Parabéns mais uma vez pelo seu trabalho. Bjks
    Vera Moura

  5. Tirou onda!!
    Entrevistou uma medalhista olímpica!!!
    Parabéns mais uma vez…
    Contamos com vc p/ sabermos mais do mundo do vôlei q tanto amamos!!!
    Sorte Ágatha!!!

  6. Que show vôlei de praia, Agatha dando a volta por cima com a Duda,as duas so tente a crescer mais e mais nos da muito orgulho. Parabéns Vanessa excelente matéria arrasou mais uma vez.

  7. Parabéns Huback, sempre surpreendendo!
    Enquanto Agatha e Duda estão afinadas e em ascensão em quadra, você está a toda nas coberturas do nosso vôlei, estou na torcida por vocês, que venham muitas medalhas e muitas matérias!

  8. Ao que parece essa dupla da Agatha com a Duda tem mais perspectivas do que aquela que conquistou a prata no Rio. A Duda parece ter um potencial bem grande.
    De qq forma, foi uma surpresa a dupla prata na Rio 2016 se desfazer após tamanha conquista.

  9. Boa parceria, Duda uma ótima jogadora e tem tudo para crescer com a Agatha do lado. Que seja uma dupla de sucesso, rumo a Tokyo 2020.
    Boa matéria Vanessa ???????
    ???

  10. Parabéns Vanessa,matéria ótima como sempre e muito bom
    saber que o esporte conta com essa dupla.
    Voce arrasa sempre!!!

  11. Parabéns!!
    Suas matérias são ótimas.
    Sempre nos surpreendendo.
    O esporte pra você é tudo.
    Continue arrasando.

Comments are closed.