Deprecated: get_the_author_ID está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use get_the_author_meta('ID') em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Algumas doses de álcool podem ser suficientes pra te divertir numa balada, aliviar teu estresse, fazer esquecer teus problemas e se divertir, seja sozinho ou com amigos.

Tem gente que diz que tudo que um bêbado fala é o que ele realmente pensa e sente quando está sóbrio, que não há nada mais verdadeiro no mundo que um bêbado se declarando, xingando, cantando, sendo feliz. Tudo muito bom, tudo maravilhoso; mas para tudo há um limite.

Eu poderia escrever linhas e linhas sobre os efeitos biológicos que o álcool causa no nosso corpo, sobre os fundamentos da Lei Seca, sobre como ele age no nosso sistema nervoso central e nos deixa totalmente à mercê, sem controle. Mas acredito que nesse momento, há coisas mais pertinentes pra se falar.

Certamente, muitos de vocês já pararam para se perguntar quantas vidas se perdem pelo álcool, quantas mães choram no enterro de seus filhos, quantas esperanças são destruídas por causa dessa dependência. É triste ver uma esposa dedicada sofrer humilhações, uma mulher amorosa ser destratada, maltratada.

acidente_trânsitoÉ triste ver um pai que não percebe o quanto os filhos sofrem também com essa dependência, o quanto uma criança pode crescer traumatizada, não querendo se casar achando que o casamento vai ser igual ao dos pais, sempre atrapalhado pelo álcool. Se ver um filho chorar, sofrer não comove um pai, então é porque o alcoolismo é uma coisa séria.

As vezes, o bêbado até usa como desculpa a bebida para ser grosso, pra falar coisas que machucam e não percebem que aos poucos vão acabando com a família, os que estão ao seu redor. Aquilo que deveria ser alicerce, união, vai se desmoronando. Tem gente que sofre com isso na família, pessoas que cresceram convivendo com isso e outras que foram até mesmo privadas da companhia de familiares por causa do álcool. Agressões físicas e verbais destroem relacionamentos, a pessoa alcoólica pode se tornar violenta, perder a noção. Por isso, assim como todo vício, o alcoolismo deve ser tratado.

São muitas as questões sociais a serem debatidas: mortes no trânsito, violência, brigas. Antes de recuperar a dignidade como ser humano, a credibilidade, a pessoa que quer se tratar do alcoolismo deve se esforçar para recuperar o respeito da família, dos amigos, a esperança, a felicidade dos filhos, porque tudo isso é fundamental em um tratamento. Acima de tudo, tem que querer e acreditar nela mesma, porque é difícil ajudar quem não quer ser ajudado.

Se você sofre com isso, ou alguém da sua família, crie coragem e fale, converse, desabafe, chore. Tudo isso pode ajudar numa decisão, servir como o impulso que falta. O certo é não botar tudo a perder de vez, não deixar que o álcool seja mais forte que você, que nós.

Se divertir é fácil, rir é fácil, o problema é lidar com as consequências de tudo depois. Sejamos homens e mulheres de verdade, sejamos uma sociedade justa, que não fecha os olhos pra esse problema só porque ele não atinge nossa família.

Imagem: G1

[related_posts limit=”3″]