Deprecated: get_the_author_ID está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use get_the_author_meta('ID') em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

Deprecated: attribute_escape está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use esc_attr() em seu lugar. in /home/pedromig/public_html/ourodetolo/wp-includes/functions.php on line 4713

A Anna Barros, dona do “Blog da Anninha” – link à direita, aqui mesmo no blog – está se formando em jornalismo e sua monografia final de curso tem como tema exatamente a blogosfera. A médica e futura jornalista está fazendo uma série de entrevistas para o seu trabalho final, e me coube a honra de ser um dos escolhidos para dar seu depoimento.
Com autorização dela, reproduzo aqui o teor da entrevista. É uma boa oportunidade ao leitor de entender um pouco a dinâmica deste Ouro de Tolo e perceber como você, fiel navegante deste espaço, contribui para o crescimento deste.
São seis perguntas, nada muito longo. Boa leitura e comente, opine, discorde, dê sugestões, realize seu feedback. O espaço de comentários é seu. 
A entrevista foi concedida por e-mail na última quarta feira.
(Anna Barros) De onde surgiu a ideia de se criar um blog?

Eu sempre gostei de escrever, desde pequeno, sempre tive facilidade. Ao mesmo tempo, tinha dificuldade em ver meus posicionamentos refletidos pela grande e velha imprensa. O Ouro de Tolo surgiu como um espaço de expressão pessoal e, na medida do possível, fomento de visões diferentes dos fatos.

Mas hoje o Ouro de Tolo está muito diferente de quando foi criado e pensado. Como um filho querido, ganhou vida própria.

(Anna Barros) Quais as vantagens e as desvantagens de se ter um blog?

A principal desvantagem é uma só: a questão de se disponibilizar um tempo para se escrever. Isso no meu caso é minorado pelo fato do blog ter colunistas – dois que se revezam às quartas feiras e dois no final de semana, além de artigos sobre cinema publicados em parceria com um blog especializado – o que acaba diminuindo o tempo necessário. Também tenho o hábito de escrever mais de um artigo por vez e ir programando a publicação aos poucos – o que facilita a tarefa.

Outra desvantagem é que muitas vezes se precisa “suavizar” os termos originalmente escritos a fim de evitar problemas com o Poder Judiciário – afinal de contas, é um espaço público. Cheguei a ser ameaçado em uma ocasião de sofrer um processo, mas felizmente não passou disso. Em minha opinião, típica opinião corporativista do leitor agente no caso.

As vantagens são várias. Poder expressar fatos, versões, opiniões e literatura, visões discordantes, disseminar bons textos, recomendar livros, boa música e cultura. Além de ter um espaço para minhas crônicas e poesias sem depender de caminhos tradicionais. Por outro lado, ter visibilidade e algum reconhecimento pessoal.

(Anna Barros) Desde quando você tem um blog? Como tem sido a experiência?

Maio de 2009. Antes havia tentado um blog anterior, mas não tive disciplina para mantê-lo – além de à época estar com dificuldades de tempo por estar com duas crianças bem pequenas em casa.

Vem sendo bastante interessante manter o Ouro de Tolo – que tem este nome em referência à música homônima de Raul Seixas onde ele afirma que tinha tudo, mas se sentia meio vazio e entediado. O blog veio, em parte, preencher este mesmo vazio da vida rotineira e “pequeno burguesa” que vinha levando – e ainda levo. É o meu grande espaço de descompressão da loucura e dos deveres do dia a dia.

(Anna Barros) O blog dá algum tipo de visibilidade ao seu trabalho?

Se eu pensar em termos profissionais, muito pouco, embora tenha me utilizado de minha experiência com petróleo para escrever alguns textos “para-didáticos” sobre o tema – obviamente, sem expressar a opinião nem expor informações da companhia em que trabalho.

Entretanto, alguns textos alcançaram repercussão bastante ampla e importante, e isto não deixa de ser um grande reconhecimento ao trabalho desempenhado. O crescimento de acessos e de alcance constantes que o blog vem experimentando me levam a pensar que, dentro de algum tempo, ele pode ter o seu lugar dentro dos chamados “blogs de opinião”; apesar de ser um espaço sem um tema determinado, sem um foco definido e que não fala de assuntos que tenham apelo fácil – como por exemplo celebridades e coisas correlatas.

Por outro lado, minha preocupação é que o blog tenha um crescimento constante do seu alcance, medido via número de acessos únicos, sem perder nem a sua qualidade nem a sua característica. Ele é absolutamente democrático, busca sempre uma visão diferente dos fatos e assim que deve continuar.

(Anna Barros) Qual é a importância de um blog para a mídia hoje em dia?

Fazer o contraponto ao “pensamento único” da grande imprensa, nem sempre respaldado na verdade absoluta dos fatos. As grandes empresas jornalísticas, em uma distorção séria, vendem opinião travestida de notícia, e os blogs servem como um elemento regulador e em certos momentos balizador desta “velha mídia”.

(Anna Barros) Por que você criou um blog e não um site?

Por que o meu interesse era o de escrever, somente, sem vislumbrar ganhos financeiros, vender produtos ou serviços ou ainda fazer um espaço de exposição de minha vida privada – embora, aqui e ali, publique textos e em especial fotos que se referem a aspectos de meu cotidiano. Além disso, a plataforma de que me utilizo não implica em custos diretos, o que é outro diferencial para um site.

E agradeço a oportunidade de expor a minha opinião nestas linhas.

(Foto: Maio de 2010, Solo Sagrado do Brasil. Acervo Pessoal)

2 Replies to “Entrevista”

  1. Migão, me perdoe mas o que você considera a principal desvantagem de um blog “a questão de se disponibilizar um tempo para se escrever”, me parece a principal de suas vantagens: a possibilidade de exercermos esse exercício libertador que é nos afastar da rotina do dia-a-dia dos afazeres para simplesmente dedicar um tempo a algo outro. abs ik

Comments are closed.